Eleições 2012

Prefeito de Cumaru sofre atentado após comício

Publicado por José Accioly, em 27.09.2012 às 12:35

(Foto: Luciana Tabosa/Divulgação)

O prefeito de Cumaru e candidato à reeleição, Eduardo Tabosa (PSD), sofreu um atentado, na madrugada desta quarta-feira (27), após sair de um comício na Zona Rural da cidade. Passava das 0h30 quando o pessedista e sua equipe retornavam à cidade quando escutaram um barulho de tiro na estrada. O gestor desceu de seu veículo para conferir o ocorrido quando criminosos alvejaram a Toyota do gestor. As balas também atingiram o carro de som, que acompanhava o postulante num ato de campanha no Sítio Dendê, a seis quilômetros do município.

Os bandidos fugiram do local sem deixar pistas. O prefeito acionou imediatamente a Polícia Militar (PM), que fez buscas pela área, mas não encontrou os suspeitos. O caso foi parar na Delegacia de Cumaru, onde Eduardo Tabosa prestou queixa sobre o atentado. O veículo do pessedista e o carro de som também foram levados para posto policial para perícia.

(Foto: Luciana Tabosa/Divulgação)

Em conversa com o Blog da Folha, há pouco, o prefeito Eduardo Tabosa disse não acreditar que o atentado não tem relação com o ex-prefeito Roosevelt Gonçalves (PSB), também candidato na cidade. “Tenho sentido um acirramento maior nos últimos 15 dias, mas não acredito que isso tenha partido de Roosevelt. Há alguns dias algumas pessoas derrubaram meus materiais de campanha. Recebi ligações anônimas, sem identificação, mandando ter cuidado nesta campanha”, disse o gestor de Cumaru.

Eduardo Tabosa cravou que não vai se intimidar pelo fato. “Pode até ter sido algum aliado de Roosevelt que tenha feito isso. Não vou me deixar intimidar por isso”, disparou o prefeito. O caso está sendo investigado pelo delegado Marciano Bezerra.







Prazo para pedir 2ª via do título termina hoje

Publicado por Tatiane Accioly, em 27.09.2012 às 10:31

Quem perdeu o título de eleitor tem apenas até o final da tarde de hoje (27) para solicitar a segunda via do documento. O interessado deve comparecer ao cartório eleitoral com a carteira de identidade oficial com foto e uma cópia dela, além do pedido para requisitar a segunda via do título de eleitor.

As eleições municipais de 2012 ocorrem no próximo dia 7 e o segundo turno, quando houver, em 28 de outubro. Pelos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cerca de 140 milhões de eleitores estão aptos para a escolha de prefeito e vereador.

Para votar, o eleitor não precisa apresentar o título. É necessário mostrar apenas um documento de identificação oficial com foto. O documento pode ser a carteira de identidade, a de trabalho, a de habilitação, passaporte ou outro documento oficial equivalente, inclusive, a carteira de categoria profissional. As certidões de nascimento ou casamento não serão admitidas como prova de identidade.

Para as autoridades da Justiça Eleitoral, é fundamental, porém, que o eleitor confirme no título o número da seção e seu local de votação. Se o eleitor não puder votar, terá de justificar a ausência, identificando o número do título, para preenchimento do formulário.







Lula cancela viagens para impulsionar Haddad

Publicado por Tatiane Accioly, em 27.09.2012 às 09:52

Para tentar levar Fernando Haddad ao segundo turno em São Paulo, o ex-presidente Lula cancelou ontem todas as viagens que faria para ajudar outros petistas em apuros na reta final da campanha.

A mudança de planos prejudica candidatos que também correm risco de ficar fora da fase final da eleição, como Humberto Costa (Recife), Elmano de Freitas (Fortaleza) e Wellington Dias (Teresina).

O ex-presidente comunicou a decisão em reunião com a presença da cúpula nacional do PT e de Haddad. Ele orientou os dirigentes do partido a dizer para os demais candidatos que não teria tempo hábil para cumprir todo o roteiro de visitas previstas.

“Se ele fosse a uma cidade, teria que ir a seis. Então decidimos cancelar todas as viagens, porque não haveria mais tempo para tudo”, disse o secretário de Organização da sigla, Paulo Frateschi.  As informações são da Folha de São Paulo.







Agenda dos prefeituráveis desta quinta-feira

Publicado por Tatiane Accioly, em 27.09.2012 às 09:17

RECIFE

Geraldo Julio (PSB)
09 – Visita ao Centro do Recife
11h30- Reunião com a coordenação da campanha
14h30- Reunião de Programa de Governo – Educação
17h- Reunião de Programa de Governo – Acessibilidade
20h- Lançamento do Programa de Governo

Mendonça Filho (DEM)
Manhã- Gravação Guia Eleitoral
16h- Caminhada no Alto Antônio Felix, em Nova Descoberta
19h30- Reunião Coordenação Campanha

Humberto Costa
(PT)
8h- Gravação para o Guia Eleitoral
10h30- Visita e debate no colégio Boa Viagem
18h30- Ato contra a privatização da Compesa
19h30- Caminhada no Vasco da Gama

Daniel Coelho (PSDB)
10h- Alepe
15h- Caminhada no Centro
19h- Happy Hour – Comitê

Edna Costa (PPL)
11h- Entrevista no programa de Samir Abou Hanna
16h- Caminhada na feira da comunidade da Bomba Grande
19h- Caminhada no Alto do Eucalipto

Jair Pedro (PSTU)
6h30- Panfletagem no Hospital Getúlio Vargas
10h- Termo de Compromisso com crianças e adolescentes do MTC
12h- Entrevista no programa de Samir Abou Hana – TV Nova
17h- Panfletagem na Escola Pedro Augusto (Centro)
18h30- Reunião do Fórum Recifense

Douglas Sampaio (PRTB)
12h- Reunião de apoio a campanha na cidade de Primavera

OLINDA

Izabel Urquiza (PMDB)
11h- Entrevista à Rádio Folha FM;
13h- Almoço em um restaurante da cidade;
18h- Caminhada no Córrego do Abacaxi

Renildo Calheiros (PCdoB)
16h- Caminhada com comício em Aguazinha e Sapucaia de Dentro
20h- Plenária com moradores de Rio Doce

PETROLINA

Fernando Filho (PSB)
8h30- Caminhada 40 no Comércio da Av. Honorato Viana
14h- Gravação para o guia de Rádio
15h- Gravação para o guia de TV
17h- Caminhada 40 em Fernando Idalino/Henrique Leite
20h30- Reunião 40 em João de Deus

CARUARU

Miriam Lacerda (DEM)
9h- Gravação para o guia eleitoral
14h30- Caminhada da Verdade na Avenida Agamenon Magalhães
20h- Inauguração da expansão do North Shopping

Fábio José (PSOL)
10h30- Visita ao colégio Antenor Simões
15h- Apresentação do plano de governo no Colégio Cristo Rei
19h- Visita ao bairro Boa Vista II

José Queiroz (PDT)
7h- Visita a moradores do condomínio Morada Nobre
8h- Visita a estudantes do colégio Contato
18h- Plenária na Zona Rural
19h- Caminhada em Morada Nova e Rendeiras







SP: Candidato a prefeito sofre atentado em Atibaia

Publicado por Tatiane Accioly, em 27.09.2012 às 08:58

AE  – O vereador Wanderley Silva de Souza, de 34 anos, conhecido como Professor Wanderley, e candidato a prefeito de Atibaia, interior paulista, pelo DEM, foi vítima de uma tentativa de homicídio por volta das 21h30 desta quarta-feira (26), no bairro Maracanã, área rural da cidade.

Acompanhado de um segurança particular, um 3º sargento PM aposentado, de prenome Hélio, de 51 anos, ambos ocupando um Gol cinza, alugado, o político foi surpreendido por um veículo, de placas e modelo não anotados, na altura do nº 16 da Avenida Jerônimo de Camargo. O candidato e o segurança, segundo a polícia, voltavam de uma reunião com membros da Associação de Moradores do mesmo bairro.

As vítimas não souberam dizer à polícia quantos homens estavam no veículo que as abordou. Foram feitos vários disparos contra o Gol ocupado por Wanderley. Pelo menos sete deles atingiram o veículo. O sargento aposentado revidou aos disparos, mas ele e o vereador, ainda com o carro em movimento, resolveram pular pela porta oposta ao do motorista.
Leia Mais







Eduardo Campos se reunirá com mineiro

Publicado por Tatiane Accioly, em 27.09.2012 às 08:16

(Foto: Reprodução)

Por Jamille Coelho
Da Folha de Pernambuco

Embora o senador Aécio Neves (PSDB-MG) desembarque no Recife para reforçar os prefeituráveis tucanos e, principalmente, Daniel Coelho, o governador Eduardo Campos (PSB) irá recebê-lo para uma conversa. Ainda não se sabe a hora exata em que os dois caciques se reunirão, mas, segundo um interlocutor governista antecipou, em reserva, “o governador terá sim um espaço em sua agenda para o aliado em vários estados e munícipios do País”. A boa relação  com os partidos de oposição tem dado cada vez mais brecha para o socialista, aos poucos, ir subindo o degrau e, assim, ganhar maior visibilidade no cenário nacional. Com isso, passa a ter opções de escolhas mais na frente, quanto ao apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), a Aécio e até virar opção na disputa pelo Palácio do Planalto.

Eduardo tem conseguido intimidar as estratégias de líderes como Lula, que sequer virá ao Recife para fortalecer a campanha de Humberto Costa (PT), já que também é um aliado nacional.

Sobre essa questão, a fonte palaciana relacionou o mal-estar dentro do PT, provocado pelo prefeiturável e seu grupo, à situação em que os petistas ficarão após as eleições.

“O resultado (da disputa) não é dos melhores para o PT porque tem o processo de renovação que está atingindo o partido e é preciso se pensar em dar sustentação à presidente, ao governo dela, e isso não passa pegando as brigas da eleição e botar depois da eleição. Dessa forma, fica claro que tem que se olhar o pós-eleição. Numa leitura nacional mesmo! Não interessa a Dilma, a Lula e ao PT criar problema com Eduardo”, contou o palaciano. “O PT sempre será um partido importante para o Brasil. Agora, qual o papel que ele vai poder jogar, as circunstâncias é que vão dizer”, avisou. Para este mesmo socialista, Humberto Costa é uma voz isolada dentro do PT.

GERALDO

O candidato Geraldo Julio e o governador Eduardo Campos participaram de uma minicarreata relâmpago, ontem à noite, por sete bairros da cidade. A partir de agora, a estratégia da campanha é fazer, todas as noites, esses pequenos trajetos, visando ganhar maior tempo e obter maiores resultados. Durante o dia, o candidato segue com pequenas caminhadas, visitas e reuniões.







Cresce rejeição ao deputado petista

Publicado por Tatiane Accioly, em 27.09.2012 às 07:43

(Foto: Jedson Nobre/Arquivo Folha)

Por Amanda Seabra
Da Folha de Pernambuco

O candidato do PT à Prefeitura de Paulista, Sérgio Leite, teve o seu índice de rejeição aumentado, desde a última pesquisa publicada no início do mês, em três pontos percentuais. Naquela ocasião, o petista já era o mais rejeitado e tinha um índice de 34%. Agora o Instituto Exatta registrou que 37% dos entrevistados afirmaram que não votariam em Leite de jeito nenhum. Por outro lado, o prefeiturável Junior Matuto (PSB) manteve os 23% de rejeição que foram registrados na amostra passada.

O segundo colocado neste cenário é o postulante do PRTB, Nena Cabral, que registrou uma queda de três pontos percentuais no índice de eleitores que não votam nele. Cabral obteve agora um percentual de 30%, enquanto no início do mês ele tinha 33%. Finalmente, empatado com o candidato socialista nos 23%, está o postulante do PMN, Severino Ramos, sendo, portanto, o candidato que obteve a maior redução, caindo oito pontos percentuais desde o último levantamento, quanto havia registrado um índice de 31%. Ainda de acordo com a consulta, 16% dos eleitores afirmaram que não rejeitam nenhum dos nomes postos e 15% não souberam responder a pergunta ou não opinaram.

Os eleitores de Paulista foram questionados, ainda, sobre quem eles acreditam que será o vencedor na disputa eleitoral deste ano. A resposta também acena para uma possível vitória do candidato Junior Matuto, que foi apontado como favorito por 60% dos entrevistados. Os números dão conta também de que uma parte do eleitorado dos outros três candidatos não acredita que eles sejam eleitos. A eleição de Sérgio Leite, por exemplo, neste cenário registrou um índice de 19%, revelando que 4% dos que declararam voto ao petista não acreditam na sua vitória. Apenas 2% dos paulistenses acham que quem ganha a eleição é Ramos, e Nena Cabral não é visto como favorito. Ainda segundo a pesquisa, 19% não souberam responder ou não opinaram.







Junior Matuto abre 26 pontos à frente de Sérgio Leite

Publicado por Tatiane Accioly, em 27.09.2012 às 07:27

Por Amanda Seabra
Da Folha de Pernambuco

Faltando pouco mais de uma semana para as eleições, o candidato a prefeito de Paulista pelo PSB, Junior Matuto, aumentou a vantagem que conquistou na disputa, ao atingir 49% das intenções de voto, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Exatta. O socialista está no primeiro mandato de vereador e é estreante numa eleição majoritária. O deputado Sérgio Leite (PT) é o preferido para 23% dos eleitores e está 26 pontos percentuais atrás de Matuto.

Comparando com o último levantamento realizado no município e publicado na Folha de Pernambuco no dia 5 de setembro, é possível observar o movimento que ocorreu em Paulista para chegar ao cenário atual. No início do mês, Junior Matuto já havia ultrapassado o candidato petista e tinha dez pontos percentuais de vantagem. O socialista, naquela ocasião, obteve 43% das intenções de voto contra 33% de Leite, que já está na sua terceira tentativa de conquistar a Prefeitura de Paulista.

Ainda de acordo com a consulta, o postulante do PMN, deputado Severino Ramos, registrou um índice de 5%, mesmo percentual obtido pelo candidato na pesquisa divulgada no último dia 5 de setembro. A mesma situação se observa com o prefeiturável Nena Cabral (PRTB), que pontuou agora e na pesquisa passada com apenas 1% das intenções de voto. Quatorze por cento dos entrevistados pelo Exatta revelaram a intenção de votar em branco ou nulo e 8% não souberam responder a pergunta ou não opinaram. A pesquisa foi realizada entre os dias 21 e 24 de setembro, com 400 eleitores, o que confere a ela uma margem de erro de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos, e o grau de confiança é de 95%.

Separando os eleitores pela idade, a melhor colocação do candidato socialista ficou entre os entrevistados na faixa que vai dos 25 aos 34 anos, onde figurou com um percentual de 51%. Já o seu principal opositor, Sérgio Leite, obteve seu maior índice de intenções de voto no grupo com idades que variam de 16 a 24 anos, onde registrou 30%. O postulante do PMN ficou mais bem posicionado entre os entrevistados com idades que vão dos 35 até os 44 anos (10%). E, finalmente, o prefeiturável Nena Cabral registrou seu melhor desempenho no grupo mais jovem, com idades que variam de 16 a 34 anos (3%).

ESPONTÂNEA

Na consulta espontânea, que é aquela em que o pesquisador não apresenta os nomes dos candidatos ao entrevistado, a diferença entre os dois principais candidatos cai de 26 para 23 pontos percentuais. Neste cenário, Junior Matuto registrou 45% das intenções de voto contra 22% do postulante petista. Já Nena Cabral figurou com o mesmo percentual da pesquisa estimulada, ou seja, 1%. Severino Ramos também obteve o percentual idêntico nos dois cenários, que foi de 5%. Ainda segundo a pesquisa, 14% dos eleitores afirmaram que irão votar em branco ou nulo e 12% não souberam responder ou não opinaram sobre o tema. Entre os entrevistados pelo Exatta, 77% garantiram que a decisão em votar no candidato escolhido é definitiva, enquanto 23% admitiram que podem mudar de opção, até o dia 7 de outubro.







MPF pede arquivamento de investigação sobre Lula

Publicado por José Accioly, em 26.09.2012 às 22:07

(Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

Agência Brasil (Brasília )– O procedimento que investigava se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tentou interferir no andamento da Ação Penal 470 no Supremo Tribunal Federal (STF) deve ser arquivado. O pedido de baixa partiu do Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF/DF), responsável pelo caso desde maio.

O procedimento de investigação criminal foi aberto depois que parlamentares da oposição entraram com pedido de notícia-crime no Ministério Público pelo fato de o ministro Gilmar Mendes, do STF, ter divulgado, na imprensa, que Lula o procurou para tentar adiar o início do julgamento do caso conhecido como mensalão. Na época, Mendes alegou ter tido encontro com o ex-presidente e disse ter considerado o pedido uma intimidação.

Os parlamentares justificaram, no pedido, que o caso merecia apuração mais aprofundada do Ministério Público porque havia indícios de coação no curso do processo, tráfico de influência e corrupção ativa. Ao apurar o caso, no entanto, o MPF entendeu que as acusações não estavam respaldadas por provas.

Segundo o MPF, houve dois pedidos de informação ao ministro Gilmar Mendes, que ficaram sem resposta, restando ao órgão analisar as declarações que o magistrado deu à imprensa na época dos fatos. “Nas declarações dadas pelo ministro, o Ministério Público não detectou um pedido específico de Lula no sentido de ver adiado o julgamento do mensalão”, destacou o órgão.

O MPF ainda informa que a ausência de culpa do ex-presidente foi respaldada em depoimento do ex-ministro do STF Nelson Jobim, que emprestou seu escritório para o encontro entre Lula e Gilmar Mendes. Jobim assegurou que ouviu toda a conversa e que, “em nenhum momento, o ex-presidente solicitou ou sugeriu ao ministro Gilmar que atuasse no sentido de obter o adiamento do julgamento do mensalão”.







Panfleto detonando Vado dá o que falar no Cabo

Publicado por José Accioly, em 26.09.2012 às 21:45

Um panfleto confeccionado pelo Movimento de Olho no Futuro, que apoia a candidatura de Betinho Gomes (PSDB) a prefeito do Cabo de Santo Agostinho, deu o que falar nesta quarta-feira (26), na cidade. Isso porque o adversário do tucano, o prefeiturável Vado da Farmácia (PSB), conseguiu uma liminar na Justiça mandando suspender a distribuição do material, que traz a informação de um rompimento entre o socialista e o atual prefeito, Lula Sampaio (sem partido), em 2005. O motivo do pedido está relacionado a foto usada pelo movimento para ilustrar o postulante do PSB que, de acordo com informações, teria o objetivo de denegrir a imagem de Vado.

Vado LulaCabral 19Set

Baseada numa reportagem publicada na Folha de Pernambuco, em 12 de outubro de 2005, em que Vado da Farmácia reclama de perseguição por parte de Lula Sampaio, o panfleto cita que o socialista chegou a solicitar no Ministério Público de Pernambuco a cassação do mandato do ex-petebista, por crime de improbidade administrativa. O material ressalta ainda que o candidato do PSB mudou de palanque nas eleições de 2006 no segundo turno, passando a apoiar o então candidato ao Governo do Estado, Mendonça Filho (DEM), ao invés de Eduardo Campos (PSB).

Contrariado com a repercussão do caso, a equipe do candidato do PSB informou que a Polícia Militar chegou a fazer apreensão do material numa dos comitês de campanha de Betinho Gomes, em Ponte dos Carvalhos. O fato foi negado pela assessoria do prefeiturável tucano, ressaltando que a Justiça proibiu a distribuição do material por conter uma foto reclamada por Vado na Justiça. O fato é que o juiz da Propaganda no Cabo de Santo Agostinho, Rafael de Menezes, notificou a campanha do tucano contra material irregular.

“Eles que sempre estiveram à frente das pesquisas e agora foram ultrapassados estão desesperados. Passaram a apelar para o jogo sujo e a baixaria. Já orientei a minha militância para não revidar os ataques que venho sofrendo”, disparou Vado, via assessoria.







Humberto insiste na privatização da Compesa no guia

Publicado por José Accioly, em 26.09.2012 às 21:28

20120926-212651.jpg

O candidato a prefeito do Recife pelo PT, Humberto Costa, trouxe novamente ao guia eleitoral a polêmica em torno da exploração da Compesa pela iniciativa privada. No programa desta quarta-feira (26), o petista disse que o assunto provocou incomodo no governo Eduardo Campos e na campanha do pupilo do líder socialista, Geraldo Julio (PSB). O vídeo do prefeiturável atribuiu ao PSB a tentativa de “maquiar a verdade” sobre a discussão do repasse da empresa estadual às empresas, ressaltando que o resultado é prejudicial a Geraldo.

No guia, Humberto Costa rebate o argumento do ex-secretário de Recursos Hídricos e hoje presidente da Chesf, João Bosco, que, no programa eleitoral da segunda-feira (24), colocou que o petista tinha conhecimento e concordou com a privatização da Compesa. O petista salientou que quando o edital de licitação da PPP foi, em 2012, ele já havia deixado a Secretaria das Cidades para disputar uma vaga no Senado, em 2010. “Não é verdade que participei quando era secretário de qualquer discussão sobre a venda da Compesa. Não era função do secretário das cidades. E quando o edital desse modelo foi lançado eu já deixado a secretaria fazia dois anos”, disparou.

O programa do PT colocou que o guia do PSB buscar confundir o eleitorado quando coloca que o ex-prefeito João Paulo – hoje candidato a vice na chapa do PT – assinou um documento concordando com a exploração do esgoto pelo setor privado, como revelou na terça (25), o presidente da Compesa, Roberto Tavares. O dirigente do órgão apresentou o contrato contendo a “firma” do petista. O vídeo petista esclarece que o certame repassava apenas a responsabilidade do esgotamento ao órgão do Estado. “O contrato foi assinado em 2005, sete anos antes da licitação para exploração”, assinalou o narrador do programa.

Humberto reclamou ainda da semelhança em que socialistas atribuem a privatização da Compesa com o procedimento adotado pelo governo da presidente Dilma Rousseff (PT) para construção de aeroportos no Brasil, visando a Copa do Mundo e as Olimpíadas. “Começam a dizer que o processo da venda da Compesa é o meso que o governo da presidente Dilma está adotando para ampliar os aeroportos. É muito diferente fazer parcerias com o setor privado para construir aeroportos e fazer uma parceria para entregar a parte lucrativa para uma empresa de saneamento”, atacou. O vídeo mostra ainda João Paulo defendendo as ações de seu governo no que tange a questão da construção de rede de esgoto em alguns bairros da cidade. O presidente estadual do PP, Eduardo da Fonte, também foi para linha de frente em defesa de Humberto.







PSB usa “Notas Frias” contra Daniel em inserção

Publicado por José Accioly, em 26.09.2012 às 20:04

O candidato do PSB à Prefeitura do Recife (PCR), Geraldo Julio, deixou o clima de “paz e amor” de lado em sua campanha e partiu para o ataque contra o tucano Daniel Coelho. Em uma inserção veiculada nesta quarta-feira (26), a Frente Popular do Recife – coligação que apoia o socialista – usa o escândalo das notas frias, no qual o postulante do PSDB foi acusado pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), para tentar derrubar a ascensão do adversário.

Nos trinta segundos do vídeo, a inserção do PSB mostra matérias da época em que o caso explodiu na Câmara dos Vereadores, quando Daniel Coelho cumpriu o segundo mandato. O programa relaciona nominalmente o tucano entre os acusados pelo MPPE, citando que o prefeiturável não deixou de prestar contas em R$ 18 mil com despesas do gabinete.

“Se ele fez isso como vereador, imagine o que ele fará como prefeito”, dispara a coligação, no texto da inserção.







Collins: Prioridade no social e turismo local

Publicado por José Accioly, em 26.09.2012 às 20:00

(Foto: PSC/Divulgação)

Fortalecer o potencial turístico de Jaboatão dos Guararapes, implementando ações como a revitalização da Lagoa do Náutico, em Buenos Aires e investir na infraestrura do município. Estas foram algumas das prioridades do governo elencado pelo candidato a prefeito Cleiton Collins (PSC). Na tarde desta quarta-feira (26), durante caminhada pelas comunidades de Dom Hélder, Buenos Aires e Carolinas, o prefeiturável falou da importância de investir no município para atraír novos empreendimentos.

“Ao revitalizar a Lagoa do Náutico toda a comunidade será beneficiada. Movimentará a economia local e além disso investirei na estrutura como um todo, priorizando a implementação de políticas básicas como a saúde e educação. A atual gestão esqueceu desse patrimônio”, destacou Collins. O prefeiturável disse ter um projeto de criar um parque e um polo gastronômico ao redor da Lagoa.

Em Dom Hélder, Collins falou que vai rever a planta de valores do município. “O povo jaboatonense não aguenta mais pagar um imposto tão caro e não ter serviços. Vamos calçar mais ruas. A atual gestão calçou mais de duzentas em quase quatro anos e, nós vamos calçar muito mais. A população precisa morar com dignidade, em ruas calçadas e asfaltadas”, garantiu.

O social-cristão disse ainda que, vai priorizar as obras de urbanização e de saneamento. “Jaboatão é a terceira pior cidade em saneamento básico do País, segundo pesquisa do Instituto Trata Brasil. Sanemento básico é uma questão de saúde pública e, em meu governo será uma prioridade”, finalizou.







‘Só posso debater com quem está na campanha’

Publicado por José Accioly, em 26.09.2012 às 19:27

(Foto: Peu Ricardo/Arquivo Folha)

Tão logo saiu do debate com a Associação de Empresas do Distrito Industrial do Curado e Várzea, na tarde desta quarta-feira (26), o candidato do PT à Prefeitura do Recife, Humberto Costa, em resposta curta e grossa, cravou que não vai rebater as críticas proferidas por setores do partido contra sua campanha. O prefeiturável salientou que não discutirá com pessoas que apoiam claramente o seu adversário Geraldo Julio (PSB).

Carta: Humberto e cia preocupados com sobrevivência política
Alas do PT divulgarão carta detonando Humberto e JP

Humberto nominalmente citou, como exemplo, o atual prefeito João da Costa (PT) que, segundo ele, vem apoiando o apadrinhado do governador Eduardo Campos (PSB). O candidato do PT colocou que, embora Geraldo Julio “bombardeou” a gestão do correligionário, com críticas à sujeira da cidade, os buracos, a falta de manutenção e demora na tomada de decisão, Costa não partiu para o revide. No debate da TV Jornal, na terça (25), o petista havia exposto publicamente a posição do aliado contra o PT.

“Não vou responder porque só posso responder e debater sobre a campanha com as pessoas que participam da campanha. O prefeito João da Costa apoia claramente o candidato Geraldo Julio, muito embora esteja até sendo bombardeado, permanentemente, com críticas duras do candidato à situação do Recife, falando da sujeira, dos buracos, da falta de manutenção, e da lentidão na tomada de decisão”, disparou Humberto Costa.

“Tudo isso Geraldo Julio diz. Mesmo assim, o prefeito está apoiando a candidatura dele. Então, não posso discutir a estratégia da minha campanha e de João Paulo com alguém que não está apoiando a minha campanha”, fulminou.







PRB quer Lula, Dilma e PT em seu palanque no 2º turno

Publicado por Tatiane Accioly, em 26.09.2012 às 19:15

O presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, disse considerar “natural” que o PT, a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apoiem o candidato Celso Russomanno num eventual segundo turno pela Prefeitura de São Paulo se o adversário for José Serra (PSDB).

Em entrevista ao Poder e Política, projeto da Folha e do UOL, ele disse: “Nós temos essa expectativa. Acho que é muito mais do que justo, porque o PRB já nasceu aliado com o presidente Lula, com o PT, elegendo o José Alencar vice-presidente no segundo mandato do presidente Lula”. As informações são da Folha de São Paulo.