Os mais de 1.600 candidatos aprovados no concurso público de 2009 da PM em Pernambuco estão revoltados com a demora na convocação. Por conta disso, marcaram um protesto para o próximo dia 20, com concentração em frente ao Teatro da UFPE. Os aprovados querem a prometida convocação para o Curso de Formação de Soldado, que representa a segunda fase do concurso.

O grupo alega que o governador Eduardo Campos (PSB) prometeu que a convocação aconteceria em janeiro deste ano, mas até agora não emitiu nenhuma resposta aos aprovados. Os concursados lembram que Pernambuco tem atualmente 8.976.032 habitantes para um total de 19.628 policiais militares ativos, o que representa um número de um policial para cada 448,13 habitantes, quase o dobro do que é estabelecido pela Organização das Nações Unidas, que é de um PM para cada 250 moradores.