Por Valdecarlos Alves

A segunda rodada da pesquisa Folha/TV Globo/Ibope de intenção de voto para a Prefeitura do Recife, divulgada ontem, mostra o candidato do PT, Humberto Costa, em primeiro lugar, com 35%. O petista sofreu decréscimo em relação ao último levantamento, realizado em julho, quando obteve 40%. Geraldo Julio (PSB) passou de 5% para 12% nesta verificação, enquanto Mendonça Filho (DEM) resiste e mantém o mesmo percentual da última rodada, com 20% das menções. A vantagem de Humberto sobre o democrata, que era de 20 pontos percentuais, na sondagem anterior, é agora de 15. Daniel Coelho (PSDB) aparece com 7%.

Os demais candidatos Edna Costa (PPL), Esteves Jacinto (PRTB) e Roberto Numeriano (PCB) tiveram apenas 1%, e Jair Pedro (PSTU) não atingiu 1%. No universo de entrevistados que declararam a intenção de votar em branco ou nulo, a soma manteve-se em 14%, enquanto 8% não souberam ou preferiram não opinar sobre o assunto.

Humberto Costa tem a preferência do eleitorado entre 16 e 24 anos. Deste universo, 40% preferem o petista, que é seguido por Mendonça, 17%; Daniel Coelho, 16%; Geraldo Julio, 14%. Entre os mais velhos (50 anos ou mais), 27% disseram votar em Humberto, 23% em Mendonça; 15% em Geraldo; 5% em Daniel Coelho. Ainda na pesquisa estimulada, Humberto sai na frente do eleitorado com escolaridade superior com 29%. Geraldo Julio tem 20%; Mendonça tem 17%; e Daniel aparece com 9%. Os demais postulantes Jair Pe­dro, Roberto Numeriano, Esteves Jacinto e Edna Costa ficaram abaixo de 2% nas menções dos entrevistados.

Humberto Costa não apresentou diferença de percentual entre os eleitores homens e mulheres, já que 35% de cada segmento ouvido disseram que votariam nele. Mendonça tem 21% na preferência do sexo feminino e 20% do masculino. Geraldo tem 16% dos votos entre homens e 8% das mulheres. Daniel Coelho foi citado por 9% das eleitoras e 5% dos homens.

A pesquisa Folha/TV Glo­bo/Ibope também analisou a intenção do elei­torado na Capital pernambucana avaliando o perfil das pessoas por renda familiar. Neste quesito, 31% que ganham até um salário mínimo disseram que votariam em Humberto; 28% em Mendonça; 10% em Geraldo Julio e 7% em Daniel Coelho. Entre os que ganham acima de cinco mínimos, 26% declararam apoio a Humberto; 21% em Geraldo Julio; 17% em Mendonça Filho e 13% em Daniel Coelho.

ESPONTÂNEA

Na pesquisa espontânea, na qual os eleitores não têm acesso aos nomes dos candidatos, Humberto Costa continua com 11% da preferência. Neste quadro, alguns prefeituráveis tiveram uma variação positiva: Geraldo Julio e Mendonça Filho foram lembrados por 6% dos eleitores recifenses, cada um. Na rodada anterior, ambos estavam com 2% e 4%, respectivamente.

O tucano Daniel Coelho recebeu 2% das menções, enquanto Jacinto e Numeriano, apesar de mencionados, não chegaram a 1%, cada um. Os demais prefeituráveis não foram lembrados na pergunta espontânea, e 3% citaram nomes de não candidatos. Ainda continua chamando a atenção o número de pessoas que não sabem em quem votar, permanecendo em 57%. Pelo menos 14% dos eleitores declararam votar em branco ou nulo, quando na primeira rodada do Ibope o percentual era de 17%.

O Ibope ouviu 805 pessoas no Recife, entre os dias 31 de julho e 2 de agosto. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um grau de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) com o número 00057/2012.