DECISÃO_altodomoura2_1709

A Justiça Eleitoral em Caruaru concedeu 15 minutos de direito de resposta ao prefeito e candidato à reeleição, José Queiroz (PDT), penalizando a campanha da candidata Miriam Lacerda (DEM), tanto no guia eleitoral, quanto nas inserções de TV. O juiz Pierre Souto maior entendeu que a democrata divulgou um fato sabidamente inverídico ao afirmar que o pedetista havia sido condenado por crime de injúria.

“Os representados (DEM) tem a plena consciência de que o representante, Sr. José Queiroz, não foi condenado por crime de injúria por este juízo, no que chamam de ‘Caso do Alto do Moura’…”, afirmou o juiz Pierra Souto Maior, em seu despacho. Foram duas as sentenças obrigando o DEM a ceder espaços a José Queiroz.

DECISÃO_altodomoura1_1709

Esta é a quinta condenação da propaganda eleitoral de Miriam Lacerda, que já chegou a perder metade do tempo do guia por infringir a legislação eleitoral. No guia veiculado nesta segunda (17), por exemplo, Miriam teve que dar um minuto de direito de resposta a Queiroz.

“Estamos fazendo uma campanha propositiva, sem agressões, mas não podemos ficar calados diante do que vem acontecendo. A Justiça tem entendido que nossos adversários insistem em descumprir a lei e nos atacar”, afirmou o coordenador jurídico da campanha, Bruno Martins.