A TRAVE DO CONTRA

Com a torcida ainda fazendo festa no começo da partida, logo aos dois minutos, Airton bateu escanteio e Diego Bispo subiu para carimbar o travessão.

O SUSTO

Mesmo com a empolgação da torcida timbu e a pressão do time, quem saiu na frente do placar foi o Barueri. Apesar do gol, sentindo confiança na virada, os torcedores do Náutico não se abateram e resolveram dar força ao time logo após o lance.

O EMPATE DO MALUCO BELEZA

Apesar do nervosismos e expectativa para o gol de empate, ele só veio no segundo tempo. Porém, demorou apenas 19 segundo para acontecer. Após descida pela direita, Derley deixou tudo igual e incendiou o estádio dos Aflitos.

A VIRADA COM O “GOL DO ACESSO”

Um pouco apagado na partida, o artilheiro Kieza resolveu aparecer aos 13 minutos do segundo tempo. E logo para fazer o que os alvirrubros estão chamando de “gol do acesso”. Após falta cobrada por Eduardo Ramos, o atacante dominou e chutou forte para explodir de vez a festa alvirrubra.