A Copa Sul-Americana 2013 ainda está longe de começar. Mas o pouco que se sabe sobre a participação do Brasil no torneio já é digno de causar confusão. Tudo porque a CBF adotou um esdrúxulo critério de classificação para o certame continental.

Anteriormente, iam para a Sul-Americana os times que ficassem entre a quinta e a 12ª colocação na Série A. Caso o campeão da Copa do Brasil, o 13º entrava. E se o atual campeão da Libertadorse também estivesse entre essas colocações, o 14º também iria.

Não será mais assim a partir de 2013. O aumento de clubes da Copa do Brasil (a próxima edição terá nada menos do que 86 participantes), fará com que o mata-mata nacional interfira diretamente na classificação para a Sul-Americana.

Na Copa do Brasil 2013, os seis times brasileiros que estiverem classificados à Libertadores entrarão apenas nas oitavas de final. Ou seja, a primeira fase terá 80 times. A segunda, 40. A terceira, 20 e a quarta fase terá dez. A esses dez, somarão-se os seis da Libertadores e, assim, terá início as oitavas de final. E essas 16 agremiações estão, automaticamente, excluídas da Sul-Americana 2013.

Desta forma, a CBF determinou que vão à Sul-Americana 2013 os oito primeiros colocados da Série A 2012, descontando aqueles que chegarem à quarta fase da Copa do Brasil (oitavas de final). Assim, os cinco primeiros colocados do Brasileirão, que vão para a Libertadores, já estarão automaticamente fora da Sul-Americana.

Portanto, vão para o torneio continental os times que ficarem entre o quinto e o 12º  lugares da Série A, contanto que eles não cheguem às oitavas de final da Copa do Brasil. Caso isso aconteça, vão sendo classificados o 13º, o 14º e assim por diante, até o 16º colocado do Brasileiro.

Se ainda houver vagas disponíveis para além do 16º colocado na Série A, serão chamados os melhores colocados da Série B 2012, do primeiro ao quarto colocado. Caso ainda sobrem vagas, serão chamados, em ordem, do 17º ao 20º da Série A.

Difícil? Complicado? Estranho? Também achamos. E pensar que, com a implantação dos pontos corridos, os ‘bichos de sete cabeças’ criados pela CBF tinham ficado em um passado pra lá de distante.

Confira abaixo o ofício da CBF na íntegra:

Novo critério de vagas para a copa sulamericana 2013(1)