Este sábado, 14 de maio de 2011, será um dia inesquecível para os torcedores do Manchester United.

Tudo porque os Red Devils faturaram nada menos do que seu 19º título do Campeonato Inglês, feito que torna os vermelhos de Manchester os maiores campeões do torneio, com uma taça à frente do Liverpool.

Para conquistarem o troféu, os comandados de Alex Ferguson precisaram apenas de um empate por 1×1, frente ao Blackburn, no Ewood Park.

Brett Emerton abriu o placar no primeiro tempo para os mandantes, mas Rooney empatou em cobrança de pênalti no segundo tempo, marcando o gol do título.

Nas últimas cinco temporadas, o Manchester United venceu quatro vezes a Premier League.

Foi a 12ª vez que o clube venceu a competição sob o comando de Sir Alex Ferguson, que é o treinador desde 1986.

Os Red Devils chegaram aos 77 pontos, ficando sete à frente do vice-líder Chelsea, que joga amanhã, contra o Newcastle e não pode mais encostar.

Rooney marcou, de pênalti, o gol que deu o 19º título ao Manchester United. Foto: Site oficial/Divulgação

Das cinco principais ligas da Europa (Alemanha, Espanha, Inglaterra, Itália e Portugal), o Manchester United foi o último a sagrar-se campeão.

Ainda nesta semana, o Barcelona conquistou o tricampeonato espanhol ao empatar com o Levante em 1×1.

Foi a 21ª conquista do clube na Liga Espanhola, que ainda persegue o Real Madrid, com 31 taças.

No último final de semana, foi a vez de o Milan interromper a hegemonia do arquirrival Internazionale e ganhar o Campeonato Italiano, após empatar com a Roma em 0×0, no estádio Olímpico.

Com 18 títulos na bagagem, o rossonero iguala-se à equipe nerazzurra, e segue perseguindo o recorde da Juventus, 27 vezes campeã italiana.

Na Alemanha, o Borussia Dortmund voltou a vencer a Bundesliga após nove anos, também no último final de semana.

Hoje, a equipe rebaixou o Frankfurt e festejou a conquista do seu sétimo título nacional, o que os deixou ao lado do rival Schalke 04 como o terceiro maior conquistador da taça, atrás do Nuremberg (nove vezes campeão) e do Bayern de Munique (21 títulos).

Em Portugal, o Porto apenas confirmou sua supremacia hoje, ao bater o Marítimo por 2×0 e igualar a façanha do Benfica nas temporadas 72-73 e 77-78, tornando-se campeão invicto.

O 25º título nacional dos Dragões foi obtido há cerca de um mês, em cima do próprio Benfica, maior vencedor da competição, com 32 conquistas.