IBGE vai lançar concurso até dezembro deste ano

O concurso público do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) será lançado até dezembro de 2015. De acordo com a Portaria nº 302 do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP), serão 600 vagas oferecidas no total. A publicação saiu no Diário Oficial da União desta segunda-feira (27).   

No total, serão 460 vagas para técnico em Informações Geográficas, 90 para analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e 50 para tecnologista em Informações Geográficas e Estatística. A remuneração inicial para o cargo de técnico é de R$ 3.098,95, que exige nível intermediário. Já a remuneração para os cargos de analista e de tecnologista terá o inicial de R$ 7.000,49, ambos com exigência de nível superior. O último certame foi realizado pela Cesgranrio. Confira edital do último concurso realizado em 2013 aqui.

(Foto.EBC)


UFPE prorroga inscrições em concurso para docentes

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) prorrogou o prazo de inscrição do concurso para Professor Titular Livre do Magistério Superior. Os interessados devem efetuar as inscrições até o dia 27 de janeiro de 2016. São oferecidas 04 vagas no certame.Os documentos precisam ser entregues na diretoria do centro acadêmico correspondente à vaga, entre segunda e sexta-feira, nos horários indicados no documento de abertura. A taxa de inscrição é de R$ 300.

A remuneração é composta pelo vencimento básico de R$ 6.363,17 e da remuneração por titulação de R$ 9.592,90, totalizando R$ 15.956,07.Os inscritos serão submetidos a prova escrita, defesa de projeto de pesquisa e defesa de memorial e prova de títulos. A validade do processo é de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

Áreas

As oportunidades são para Departamentos de Botânica (área de Biologia Vegetal), Física (Física Geral) e Química Fundamental (FísicoQuímica, Química Analítica, Química Inorgânica, Química de Materiais, Química Orgânica, Química Biológica e Química Medicina) e Ciência da Computação.

Leia Mais


Fabiana Ferreira: FGV – como ela trata os elementos coesivos do texto?

Olá, queridos leitores. Viemos hoje dar continuidade ao nosso trabalho com o terceiro artigo baseado na organizadora FGV. Estude – tendo como base essa organizadora – e verá!

Hoje vamos entender, na prática, as funções do vocábulo “mais”, FGV adora isso! Além disso nos centraremos em algumas questões que enfocarão o uso de elementos coesivos para dar continuidade ao texto. Os elementos que mais aparecem em nossas provas são os “anafóricos” encarregados de retomar termos que já usamos antes. Então, seguindo o ritmo do artigo da semana passada, observemos o seguinte fragmento de texto e uma questãozinha baseada nele:

É justo que as mulheres se aposentem mais cedo?

A questão acerca da aposentadoria das mulheres em condições mais benéficas que aquelas concedidas aos homens suscita acalorados debates com posições não somente técnicas, mas também com muito juízo de valor de cada lado.

Um fato é certo: as mulheres intensificaram sua participação no mercado de trabalho desde a segunda metade do século 20.

Há várias razões para isso. Mudanças culturais e jurídicas eliminaram restrições sem sentido. [...]

1.    “Há várias razões para isso.” A forma do pronome demonstrativo sublinhado é justificada pelo fato de

(A) se referir a um fato futuro na progressão do texto.

(B) fazer alusão a um acontecimento do momento.

(C) localizar o tema como de autoria do interlocutor.

(D) se prender a uma afirmação feita anteriormente.

(E) realizar a seleção entre dois termos, destacando o mais distante.

Fica bem fácil a questão quando sabemos a regra: esse(s), essa(s), isso são pronomes usados para retomar termos únicos que já foram usados antes. E foi o que aconteceu no texto! “Há várias razões para quê? “Para que as mulheres intensifiquem sua participação no mercado de trabalho…”. Essa oração inteira foi retomada pelo anafórico isso. Logo, vamos assinalar a alternativa que está na letra “D”: “se prender a uma afirmação feita anteriormente”.

2.    O segmento do texto em que o vocábulo “mais” pertence a uma classe diferente das demais é

(A) “A questão acerca da aposentadoria das mulheres em condições mais benéficas…”. (B) “um dos maiores e mais antigos bancos do Brasil”.

(C) “Filhos estudam por mais tempo”.

(D) “recebem salários mais baixos”.

(E) “uma aposentadoria em idade mais jovem”.

Vejamos: quando os vocábulos: mais, muito, pouco, bastante se relacionam com adjetivos, advérbios e verbos, eles são classificados como advérbio de intensidade; já quando se remetem a substantivos, funcionam como pronome indefinido. Assim em: mais benéficas; mais antigos; mais baixos; mais jovem, o mais intensifica o valor do adjetivo, sendo, portanto classificado como advérbio de intensidade. O único lugar em que o mais é pronome indefinido é na letra “C”: mais tempo. Um grande abraço para todos vocês e até a próxima semana com nosso artigo e vídeos no Blog dos concursos. 


Confira as novidades dos concursos locais e nacionais

Na edição deste domingo (26) do suplemento Concurso e Emprego, da Folha de Pernambuco, você confere os principais concursos da semana. Destaque para o Espaço de Oportunidades Especiais montado no Shopping RioMar que oferece vagas em grandes empresas.


Teste de direito constitucional para o concurso do TCU

Esta semana, o Blog dos Concursos e o suplemento Concurso e Emprego da Folha de Pernambuco trazem mais um simulado preparatório para o concurso do Tribunal de Contas da União (TCU). O teste da vez é de direito constitucional. Aqui, uma prévia do questionário, que está completo na edição deste domingo (26) da Folha.

1) Sobre os direitos e deveres individuais e coletivos, assinale a única opção correta.
A) A garantia constitucional da ampla defesa não afasta a exigência do depósito como pressuposto de admissibilidade de recurso administrativo.
B) Não viola a garantia constitucional de acesso à jurisdição a taxa judiciária calculada sem limite sobre o valor da causa.
C) Os direitos fundamentais de defesa geram uma obrigação para o Estado de se abster, ou seja, implicam numa postura de natureza negativa do Poder público. Assim, impõe-se ao Estado um dever de abstenção em relação à liberdade, à intimidade e à propriedade do cidadão, permitindo-se a intervenção estatal apenas em situações excepcionais, onde haja, ainda, o pleno atendimento dos requisitos previamente estabelecidos nas normas.
D) A extradição será deferida pelo STF no caso de fatos delituosos puníveis com prisão perpétua, não sendo necessário que o Estado requerente assuma o compromisso de comutá-la em pena não superior à duração máxima admitida na lei penal do Brasil.
E) Ninguém poderá ser compelido a associar-se ou a permanecer associado, salvo quando houver previsão específica em lei.

2) Sobre direitos e deveres individuais e coletivos, marque a única opção correta.
A) Nos termos da Constituição Federal, não será concedida extradição de estrangeiro por crime político ou de opinião.
B) Estabelece a Constituição Federal que não haverá prisão civil por dívida, salvo a do responsável pelo inadimplemento escusável de obrigação alimentícia e a do depositário infiel.
C) Com relação ao direito, a todos assegurado, de não ser obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa, senão em virtude de lei, o sentido do termo “lei” é restrito, não contemplando nenhuma outra espécie de ato normativo primário.
D) A Constituição Federal, como estímulo para que qualquer cidadão proponha ação popular visando a anular ato lesivo ao patrimônio público, estabelece que essa ação é isenta de custas e, em nenhuma hipótese, poderá haver condenação do autor no ônus da sucumbência.
E) Nos termos da Constituição Federal, conceder-se-á mandado de segurança para proteger direito líquido e certo de uma pessoa de permanecer em determinado local, quando o responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do poder público.

3) Sobre os direitos sociais, na Constituição de 1988, marque a única opção correta.
A) Para o trabalho realizado em turnos ininterruptos de revezamento, a jornada será sempre de seis horas.
B) A Constituição Federal fixa que a remuneração do serviço extraordinário será superior em cinquenta por cento à do normal.
C) O salário-família, pago em razão do dependente, é direito apenas do trabalhador considerado de baixa renda, nos termos da lei.
D) Nos termos da Constituição Federal, é assegurada ao empregado a participação nos lucros, ou resultados, vinculada à remuneração, e a participação na gestão da empresa.
E) A Constituição Federal assegura a eleição, nas empresas, de um representante dos empregados com a finalidade exclusiva de promover o entendimento direto com os empregadores.

Respostas:

Leia Mais


Crise Econômica X Concursos: especialistas falaram sobre tema na Rádio Folha

Apesar do período de retração econômica, não há motivo para desânimo (Foto.Alfeu Tavares/Folha)

Na tarde desta sexta-feira (24), a professora de Português, Fabiana Ferreira; o coordenador Pedagógico do Nuce Cursos, Cícero Roseno; e o concursado do TRF Bruno Manta compareceram ao programa Conexão Notícias, comandado pelo radialista Jota Batista, da Rádio Folha FM 96,7. A conversa teve como tema A Crise Econômica X Concursos Públicos.

Segundo os convidados, apesar do período de retração econômica e de cortes nas verbas públicas, não há motivo para os candidatos desanimarem. “Alguns concursos que estavam previstos foram lançados, porém com o número de vagas menor do que o esperado. Mas os concursos continuam existindo”, afirmou. “Os candidatos podem aproveitar para se prepararem melhor”, explica a professora Fabiana. A disciplina ensinada por ela, que também é colunista do Blog dos Concursos, é coringa em qualquer certame: Língua Portuguesa. “É uma disciplina importante para qualquer seleção”, afirmou.

O medo de perder o emprego na iniciativa privada fez com que aumentassem o número de pessoas buscando a  sonhada estabilidade dos concursos públicos. Bruno Manta foi um desses candidatos. Aprovado em vários concursos, recentemente foi nomeado para o Tribunal Regional Federal. “Comecei dedicando aproximadamente seis horas do meu dia aos estudos. Nesse período, estava trabalhando. Depois, consegui me dedicar integralmente e hoje estou atuando como servidor”, afirmou Bruno, que alcançou o concurso dos sonhos.

 


STJ abre concurso com 65 vagas para níveis médio e superior

Inscrições começam no dia 30 de julho (Foto.Divulgação)

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) abriu concurso público com 65 vagas e cadastro de reserva para os cargos de analista e técnico Judiciário. As inscrições começam no dia 30 de julho e 19 de agosto através do site www.cespe.unb.br/concursos/stj_15.

Para analista, há 41 vagas em 14 cargos, distribuídos em áreas de atividade e especialidades diversas. Há chances para graduados em Tecnologia da Informação, Arquitetura, Arquivologia, Comunicação Social, Ciências Contábeis, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Fisioterapia, Medicina, Pedagogia, Serviço Social e para qualquer área de formação. A remuneração é R$ 8.803,97 e a jornada de trabalho varia dependendo do cargo. Para técnico, há 24 vagas distribuídas entre a Área de Atividade: Administrativa, a Área de Atividade: Apoio Especializado – Especialidade: Saúde Bucal e a Área de Atividade: Apoio Especializado – Especialidade: Tecnologia da Informação. A remuneração é R$ 5.365,92.

O certame terá provas objetivas, a serem aplicadas em 27 de setembro. Para o posto de analista, ainda haverá uma fase de prova discursiva. Os candidatos ao posto de analista com especialidade em segurança passarão, ainda, por teste de aptidão física. Todas as fases e a perícia médica dos candidatos que se declararem com deficiência acontecem no Distrito Federal (DF).

Leia Mais


Prefeitura de Brejão deve lançar concurso em 6 meses

O município de Brejão, Agreste de Pernambuco, deve realizar concurso público em até seis meses de acordo com Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pelo prefeito do município, Ronaldo Ferreira de Melo, junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE). Entre os compromissos firmados no documento, publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (23), a administração deverá adotar medidas necessárias para adequação do quadro funcional da Administração Pública Municipal.

De acordo com o MPPE, diversas irregularidades relacionadas aos cargos efetivos e comissionados e às contratações temporárias foram observadas. Com a assinatura do TAC, a instituição não deve realizar contratações temporárias, nem admitir servidores em desconformidade com as regras constitucionais até a nomeação de todos os candidatos aprovados no concurso público.

Os aprovados deverão ser nomeados em até 30 dias após a homologação do certame. Ainda conforme o termo, após a nomeação dos aprovados, os servidores que foram irregularmente admitidos deverão ser exonerados. Caso descumpra esta obrigação, uma multa no valor de R$ 40 mil será aplicada. Para as demais obrigações a multa diária será de um salário mínimo.

 

 

 


Anulada seleção para área de saúde em Moreno

A seleção simplificada aberta pela Prefeitura de Moreno, Região Metropolitana do Recife (RMR), foi anulada nesta quinta-feira (23) pela instituição, que emitiu comunicado através da sua Fanpage. O certame oferecia 44 vagas para atuação temporária no Sistema Único de Saúde (SUS). O edital n° 01/2015 foi lançado na última quarta-feira.

De acordo com a Prefeitura, o comunicado oficial com o cancelamento do concurso será publicado nesta sexta-feira (24) no Diário Oficial do município. O motivo da anulação ainda não foi informado. Confira nota abaixo.

“O Edital nº 01/2015, que trata da abertura de Seleção Pública Simplificada para reposição de profissionais no âmbito do Sistema Único de Saúde, foi anulado pela Secretaria de Saúde do município. O termo de anulação será publicado na edição de amanhã (24) do Diário Oficial do Município”. (Prefeitura de Moreno)


Conte-nos sua história!

Concurseiros, o Blog dos Concursos quer contar a história de superação de cada um de vocês. A jornada que é se preparar bem para um concurso público é grande. Dedicação, esforço e concentração são armas importantes durante esse processo rumo à aprovação. Conte sua história. Mande um vídeo com um minuto de duração, no máximo, para o nosso e-mail: folhaconcursos@gmail.com.


Hemope deverá nomear aprovados em cadastro de reserva de concurso

MPPE requer impedimento de novas contratações temporárias (Foto.Arquivo/Blog)

Atualizado às 17h04

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) ajuizou ação civil pública contra a Fundação Hemope para que seja determinada a nomeação dos candidatos aprovados fora do número de vagas no concurso público de 2013. A ação foi protocolada na última terça-feira (21). Nela, o órgão requer, ainda, a rescisão dos contratos temporários em número correspondente às nomeações dos concursados. Além disso, o MPPE solicita impedimento de novas contratações temporárias ou renovações das que estão em andamento. De acordo com o assessor jurídico do Hempoe, Ubirajara Carvalho, a instituição ainda não foi notificada oficialmente pela Justiça. “Vamos aguardar para poder responder. Mas é preciso antecipar que o Hemope não tem autonomia para nomear os servidores”, declarou Ubirajara.

Em março de 2013, a Fundação Hemope, por meio da Portaria Conjunta SAD/Hemope n°24, de 2013, abriu processo seletivo para realização de concurso com 111 vagas. Ao longo desse período, os candidatos aprovados realizaram manifestações apontando o número de funcionários não efetivos na instituição, mesmo com cadastro de reserva do concurso ainda vigente. A partir da denúncia desses candidatos, a 27ª Promotoria de Justiça de Promoção e Defesa do Patrimônio Público da Capital instaurou inquérito civil público para apurar os fatos.

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Pernambuco também se pronunciou sobre o assunto. De acordo com a entidade, o Hemope manteve, renovou e contratou servidores por meio do instrumento da contratação temporária de pessoal.

A investigação do MPPE concluiu que há cargos vagos para as funções de médico nas especialidades de hematologia e clínica geral, assistente social, técnico em enfermagem, técnico em laboratório e auxiliar de laboratório. Essas mesmas vagas foram contratados  servidores a título precário. Comprovou-se, segundo o Ministério, que o Hemope tem necessidade de ocupação dos cargos públicos, bem como que tem disponibilidade financeira para tanto. A Ação Civil Pública é assinada pelo promotor de Justiça Eduardo Cajueiro.

 


Inscrições em seleção simplificada do MEC terminam nesta quarta-feira

As remunerações podem chegar a R$ R$ 8.300 (Foto.Reprodução/Internet)

As inscrições no processo seletivo do Ministério da Educação (MEC) terminam nesta quarta-feira (22) pelo site www.cespe.unb.br/concursos/mec_15_temporario. O certane oferece 316 oportunidades de contratação temporária. Os servidores vão atuar no próprio Ministério ou em Órgãos vinculados. 

As taxas de participação variam entre R$ 90 e R$ 120. As remunerações podem chegar a R$ R$ 8.300 para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. As provas objetivas da seleção estão marcadas para o dia 13 de setembro, em Brasília (DF). 

Leia Mais


IRBr oferece bolsas-prêmio de Vocação para a Diplomacia para negros

Inscrições já estão abertas (Foto.Divulgação)

O Instituto Rio Branco (IRBr) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) abriram seleção que oferece 36 bolsas-prêmio de Vocação para a Diplomacia. As bolsas são destinadas a candidatos negros. As inscrições já estão abertas. O prazo termina no dia 31 de julho, no site www.cespe.unb.br/concursos/irbr_15_bolsa. Uma taxa de participação é cobrada e custa R$ 100. A prova objetiva da seleçãoe está marcada para o dia 13 de setembro de 2015.

Os interessados devem ter concluído ou estarem habilitados a concluir curso de graduação de nível superior até o final deste ano. Para concorrer, é necessário, ainda, se inscrever no concurso de Admissão à Carreira de Diplomata, que ocorrerá em 2016. 

A bolsa-prêmio tem o valor total correspondente a R$ 25 mil para ser utilizada com material bibliográfico e pagamento de cursos preparatórios para o concurso de Diplomata do IRBr. 

 


Câmara do Recife: nomeados devem entregar documentos até esta quarta-feira

Dessa vez, foram chamados 46 candidatos (Foto.Arquivo/FolhaPE)

Os aprovados no concurso público da Câmara dos Vereadores do Recife que foram convocados em julho deste ano devem apresentar toda a documentação necessária para a nomeação até esta quarta-feira (22). Os nomeados devem se dirigir ao Departamento Pessoal do órgão, situado na Unidade de Apoio, na rua Monte Castelo, no Bairro da Boa Vista, Área Central do Recife. O horário de funcionamento é das 08h às 12h e das 14h às 17h. 

A informação é do Edital de Convocação nº 001/2015, publicado no Diário Oficial do município no dia 07 de julho de 2015. Quem não entregar o material, será eliminado do certame. O candidato precisa, ainda, tomar posse em um prazo de 30 dias. Dessa vez, foram chamados 46 candidatos. Os demais devem ser convocados em dezembro de acordo com a Câmara. 

O processo seletivo, cuja prova objetiva foi realizada em 28 de setembro de 2014, oferece 78 oportunidades (36 de nível superior e 42 de médio). Os cargos abertos no certame são: assistente administrativo legislativo (40) e gestor do controle interno legislativo (04), ambos de nível médio, e analista de sistema (01), arquiteto (01), arquivista (01), assessor jurídico (06), assistente social (01), bibliotecário (01), consultor legislativo (09), contador (02), enfermeiro (02), engenheiro civil (01), filólogo ou linguista (01), jornalista (02), médico (02), programador (02), psicólogo (01) e relações públicas (01), com formação superior.


Inscrição em concurso de AADEE terminam nesta terça

As inscrições no concurso público para o cargo de agente de apoio ao desenvolvimento escolar especial (AADEE) do terminam nesta terça-feira (21) pelo site fgvprojetos.fgv.br/concursos. A taxa de participação de R$ 49 deve ser paga até a próxima quarta-feira (22). O concurso oferece 500 vagas. 

A função exige Nível Médio de escolaridade e tem uma remuneração inicial de R$ R$ 1.193,37 para uma carga horária de 40 horas semanais, mas o servidor recebe, ainda, ticket alimentação no valor de R$ 14 ao dia, além de vale transporte. 

O cargo foi criado através de um projeto de lei de autoria do executivo municipal aprovado em 30 junho de 2014 pela Câmara dos Vereadores do Recife.

Leia Mais