Não é de hoje que o conhecimento em língua estrangeira diferencia um candidato na hora da seleção de trabalho. Mas já parou para pensar que determinadas áreas precisam obrigatoriamente de um profissional que domine um segundo idioma? De acordo com pesquisa do site de empregos Catho, esse aporte no currículo pode garantir um salário até 61% mais alto, principalmente em segmentos de engenharia, tecnologia, administração, marketing, turismo e a mais nova queridinha dos jovens brasileiros, as mídias sociais.

“Em tempos de desemprego, isso se torna ainda mais importante, pois nem todos os setores vão bem e as carreiras que prometem mais empregos têm essa necessidade em comum”, conta César Lucchesi, diretor da English Talk. Ele é um dos que reforça a lista das atividades que vão se manter no futuro e que exigem, pelo menos, bom conhecimento em inglês. Aliás, essa noção já chega a ser básica quando se fala em ter um diferencial nos dias de hoje. É o que diz a psicóloga organizacional e coach, Auxiliadora Santos, ao lembrar que outras línguas também podem ser aprimoradas a depender do campo de atuação.

“É importante saber o caminho que você quer trilhar, como, por exemplo, um funcionário de uma fábrica coma a Fiat ter, além do inglês, o domínio do italiano, país de origem da multinacional. Assim, haverá muito mais chances de ele se envolver num projeto que demande novas responsabilidades”, argumenta. A dica de quem faz orientação profissional é acompanhar a evolução de cada mercado.

Tecnologia
Essa é uma área que nunca deixa de ser promissora. O motivo é a renovação contínua de trabalho por quem sempre pode criar um novo aplicativo, integrar a comunicação e facilitar a vida das pessoas. “E isso é de forma universal, porque ninguém vai restringir o uso de serviços tecnológicos. Ele deve ter a linguagem do mundo”, comenta Auxiliadora, que ainda lembra: “O Uber, por exemplo, conseguiu ter impacto em diversos países, influenciando diretamente no contexto de outros trabalhos”, completa.

Administração
Firmar parceria e negociar contratos exige uma habilidade que vai além do famoso “jogo de cintura”. É que fornecedores e clientes estrangeiros precisam da atenção de quem sabe lidar com outro idioma, sendo inglês o mais universal. Dessa forma, a remuneração de um administrador pode variar entre R$ 3 mil e R$ 6 mil, segundo o Conselho Nacional de Administração (CNA).

Mídias Sociais
Em um campo tão global como a internet, saber se comunicar com as diferentes culturas é essencial. Essa é uma das áreas em que é necessário não só falar, mas entender das gírias primordiais em inglês e espanhol. O salário da chamada profissão do século 21 varia entre R$1,5 mil a R$ 3 mil no início da carreira, segundo pesquisa salarial Brandi.

comece o dia bem informado: