Em 2014 dona Eliana perdeu uma fonte de renda importante: o aluguel de um galpão que lhe garantia R$ 5 mil por mês. Para ela, como o Brasil está endividado, tudo bem se manter "no vermelho" também. Para a consultora Georgina Santos, da Ágilis/RH, não existe dívida inegociável. Mas para sair do endividamento, é preciso readequar o orçamento.

comece o dia bem informado: