Carro sujo de leite condensado
Carro sujo de leite condensadoFoto: Divulgação

Uma administradora utilizou as redes sociais para denunciar o que acredita ser um novo golpe e deixou a polícia em alerta. A mulher de 34 anos relatou que estava dirigindo quando foi surpreendida com um balde de leite condensado derramado repentinamente no para-brisa do carro que dirigia, na última segunda-feira (10). O caso teria acontecido por volta das 21h, na avenida Visconde de Albuquerque, no bairro da Madalena, na Zona Oeste do Recife. Ela acredita que pessoas que estavam em um veículo ao lado do seu jogaram o produto para fazê-la parar o carro e assaltá-la.

A mulher informou que estava sozinha e dirigia, na faixa da direita, um Ford Ka de cor preta e de vidros com película fumê. Ela trafegava a uma velocidade de 40km/h e a ação foi rápida. "Fiquei assustada. Foi uma sensação de que estavam jogando, do veículo do lado, um balde com um monte de lama em cima do meu carro", comentou a mulher, que disse que, na hora, não ativou o limpador.

"Eu já havia ouvido relatos de ações semelhantes e, na hora, fiquei achando que fizeram isso para que eu parasse o carro. Achei que poderiam me assaltar e acabei seguindo em frente. Ultrapassei um sinal amarelo e não acionei o limpador para não dificultar, ainda mais, a minha visão", comentou a administradora, que disse que dirigiu por mais cinco minutos até conseguir parar em um local seguro. "Estava ruim, mas dava para dirigir. Se eu acionasse o limpador, poderia ter sido pior", disse.

Quando parou o veículo, a mulher percebeu que a "lama" se tratava, na verdade, de leite condensado. "Era uma grande quantidade e ficou todo melado, todo gosmento", comentou. Após chegar em casa, a administradora decidiu compartilhar o acontecimento nas redes sociais e o relato repercutiu além do esperado. Até a manhã desta quinta-feira (13), a publicação tinha sido compartilhada por quase 15 mil pessoas. 

"Meu objetivo era divulgar pros meus amigos e não imaginei que tomasse toda essa proporção. Queria alertar para que, em uma situação semelhante, a pessoa mantenha a calma e não ligue o limpador", disse a mulher.

A administradora, no entanto, informou que acabou não procurando uma delegacia porque não sabia o que fazer. "Quis logo chegar em casa e entender toda aquela situação. A ficha foi caindo aos poucos. Apesar do susto, não aconteceu nada comigo. Não é boato e não foi lenda urbana. A gente acha que é brincadeira até que acontece com a gente".

O comissário Helivaldo Sodré, da Delegacia do Cordeiro, informou que tomou conhecimento do fato por meio das redes sociais, mas que, até o momento, a vítima não prestou queixa. Ainda de acordo com o comissário, a delegacia não registrou ocorrências desse tipo, mas garantiu que os policiais estão em alerta.

Carro sujo de leite condensado
Carro sujo de leite condensadoFoto: Divulgação
Carro sujo de leite condensado
Carro sujo de leite condensadoFoto: Divulgação
Carro sujo de leite condensado
Carro sujo de leite condensadoFoto: Divulgação

veja também

comentários

comece o dia bem informado: