Um dos locais onde os policiais cumprem mandados é o Edifício Maria Beatriz, em Boa Viagem
Um dos locais onde os policiais cumprem mandados é o Edifício Maria Beatriz, em Boa ViagemFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

A Polícia Federal de Pernambuco cumpre nesta terça-feira (21) cinco mandados de busca e apreensão nos bairros de Boa Viagem e da Imbiribeira, no Recife, e Janga, em Paulista, dentro da Operação Satélite, um desdobramento da Operação Lava Jato. Mandados foram autorizados pela Supremo Tribunal Federal (STF), o que significa que investigações estão relacionadas a políticos. Não foram dados detalhes sobre os alvos.

Um dos locais onde os policiais cumprem mandados é o Edifício Maria Beatriz, em Boa Viagem. Policiais federais realizam a operação com o apoio da Receita Federal e da Procuradoria da República.

Os documentos e materiais apreendidos estão sendo encaminhados para a sede do órgão, no Cais do Apolo, região central do Recife, de onde serão remetidos para Brasília. As investigações seguem em segredo de justiça.

Operação
São 14 mandados sendo cumpridos em 13 endereços. Além de Pernambuco, a Polícia Federal atua em Brasília, onde foram dois mandados; Maceió (AL), com dois mandados; Rio de Janeiro (RJ), com três mandados; e Salvador (BA), com dois mandados. Segundo a PF, o objetivo da operação é investigar indícios de crimes de corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.

É a primeira vez que informações dos acordos de colaboração premiada firmados com executivos e ex-executivos da Odebrecht são utilizadas. Os acordos foram homologados pelo Supremo Tribunal Federal em janeiro deste ano.

Esta é a 7ª fase da Lava Jato que apura o envolvimento de pessoas com prerrogativa de foro junto ao Supremo. Foram realizadas outras três em 2015, duas em 2016 e uma em fevereiro de 2017.

Deputada estadual Terezinha Nunes (PSDB)
Deputada estadual Terezinha Nunes (PSDB)Foto: Divulgação

Integrante do mesmo partido do ministro das Cidades, Bruno Araújo, a deputada estadual Terezinha Nunes (PSDB) saudou, na Assembleia Legislativa, o parecer favorável para criação do programa nacional Cartão Reforma.

Criado pelo Ministério das Cidades, o Cartão Reforma será um benefício subsidiado, sem a necessidade de contrapartida ou pagamento, para ser usado na compra de materiais de construção com o objetivo de reformar residências e oferecer assistência técnica para projetos de ampliação ou conclusão de unidades habitacionais. Apenas a mão-de-obra será de responsabilidade do beneficiário.

“Uma excelente iniciativa para beneficiar milhões de famílias brasileiras. Alguns economistas estão vendo no programa uma maneira de aquecer o mercado de venda de materiais de construção, contribuindo de maneira imediata na geração de milhares novos empregos no país”, afirmou a deputada durante seu pronunciamento na tribuna.

O candidato deverá se inscrever na Prefeitura Municipal que escolherá os bairros indicados para receber o benefício. Para se inscrever é necessário que o candidato tenha até R$ 2.811,00 de renda familiar mensal, possuir um único imóvel, ter mais de 18 anos, ser proprietário, possuidor detentor do imóvel residencial em áreas regularizadas ou passíveis de regularização na forma da lei e residir no imóvel a ser beneficiado.

Paralelamente ao Cartão Reforma, o Ministério das Cidades vai lançar um programa de regularização fundiária no país para dar título de posse a pessoas que há longos anos aguardam a regularização dos seus imóveis e não conseguem pelas dificuldades burocráticas que precisam enfrentar.

O programa de regularização vai reduzir a burocracia e criar mecanismos simples de acesso à regularização.

Silvio Filho diz ter a percepção de que a população pernambucana não apoia a reforma da Previdência
Silvio Filho diz ter a percepção de que a população pernambucana não apoia a reforma da PrevidênciaFoto: Arthur Marrocos/Divulgação

O projeto que muda a Previdência Social entrou, nesta segunda-feira (21), na pauta da Assembleia Legislativa de Pernambuco. Promovida pela Comissão Especial dedicada ao tema na Alepe, uma audiência pública contou com a participação de deputados estaduais, representantes da bancada federal e entidades da sociedade civil.

Presidente da comissão, o deputado Silvio Costa Filho (PRB) diz ter a percepção, após conversar com os membros do colegiado, de que a atual proposta de reforma do Governo Federal não terá o apoio da sociedade pernambucana.

“A reforma, da maneira que foi sugerida pelo Governo Federal, tira direitos dos trabalhadores e é inoportuna. Particularmente sou contrário à proposta, pois não é a Previdência que deve ao Brasil, é o Brasil que deve à Previdência”, destacou.

Relator da Comissão da Previdência Social, o deputado Rodrigo Novaes (PSD) também se mostrou contrário à proposta, que classificou como desmonte social.

“O sistema precisa ser revisto, sim, mas com bom senso. A idade mínima que estão propondo para o Brasil hoje só será adotada daqui a nove anos no Japão, país onde a expectativa de vida chega a 84 anos”, comparou.

De acordo com o presidente da Comissão de Direito de Seguridade Social da Ordem dos Advogados do Brasil de Pernambuco (OAB-PE), Alexandre Vasconcelos, o sistema previdenciário brasileiro não apresenta déficit e sim superávit. “O que é apresentado como déficit, na verdade, diz respeito à aposentadoria rural, que são na verdade benefícios de assistência social”, explicou.

Representante da bancada federal na audiência pública, o deputado Silvio Costa (PTdoB) defendeu a taxação de grandes fortunas e a regulamentação dos cassinos como alternativas para reforçar o caixa da Previdência. O parlamentar criticou também a exclusão das forças armadas da reforma. “Ou a reforma é para todos ou não é para ninguém”, defendeu.

Ao final do encontro, o deputado Silvio Costa Filho pediu às entidades presentes na audiência pública que enviassem suas sugestões e considerações em relação à PEC 287 para a Comissão Especial da Previdência Social para subsidiar o relatório final que será apresentado à sociedade.

André Valença conquistou o apoio de Guel Barbosa, sobrinho do seu adversário e presidente da UVP e da Câmara de Timbaúba, Josinaldo Barbosa
André Valença conquistou o apoio de Guel Barbosa, sobrinho do seu adversário e presidente da UVP e da Câmara de Timbaúba, Josinaldo BarbosaFoto: Divulgação

A eleição para escolha do presidente da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP), no próximo dia 25, em Bonito, vem deixando os lados envolvidos na disputa com nervos à flor da pele. O atual mandatário, que comanda a Câmara de Timbaúba, Josinaldo Barbosa (PTB), tenta a reeleição contra o presidente da Câmara de São Bento do Una, André Valença (PSD).

Na reta final de campanha, o candidato à reeleição sofreu uma baixa entre os aliados. Sobrinho de Josinaldo Barbosa, o vereador Guel Barbosa rompeu com o tio e passou a apoiar André Valença. E mais, critica Josinaldo, o acusa de ter esvaziado a UVP e de não ter apoio de seis dos 13 vereadores de Timbaúba.

“Sou um dos os aliados de André Valença, candidato à presidente da UVP, inclusive eu, que sou sobrinho do candidato da situação e também como ele vereador em Timbaúba, estou confiante na vitória de André”, provoca o sobrinho de Josinaldo. 

Uma audiência pública vai debater, na próxima sexta-feira (24), o aumento da violência e a insegurança para usurários e trabalhadores do sistema de transporte público do Recife. A reunião ocorrerá no Plenarinho da Câmara Municipal, das 9h às 12h, e é fruto de requerimento do vereador Rinaldo Júnior (PRB), que atendeu solicitação do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários Urbanos de Passageiros do Recife e Região Metropolitana, Mata Sul e Norte do Estado.

“Quando recebemos o ofício do sindicato, imediatamente mobilizamos nosso gabinete para convocar uma audiência pública sobre o assunto e resolvemos ampliar a discussão para os demais meios
de transporte coletivo, e nos colocamos à disposição dos trabalhadores e também da sociedade, que estão sofrendo diariamente com a violência nos coletivos. É preciso dar um basta a esta situação caótica e de medo”, afirmou Rinaldo Junior.

Também foram convidados para a audiência pública, o Sindicato dos Metroviários, o Sindicato dos Taxistas, a Secretaria de Defesa Social, a Secretaria de Segurança Urbana do Recife, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE) e a Associação dos Usuários dos Transportes Coletivos, entre outras instituições.

Secretário de Segurança Urbana de Olinda, Coronel Pereira Neto reuniu-se com o subcomandante do 1º Batalhão de PM, major Daniel Pereira
Secretário de Segurança Urbana de Olinda, Coronel Pereira Neto reuniu-se com o subcomandante do 1º Batalhão de PM, major Daniel PereiraFoto: Divulgação

Um dia depois de mais uma morte na praia do Bairro Novo, o secretário de Segurança Urbana de Olinda, Coronel Pereira Neto, reuniu-se nesta segunda-feira (20) com o subcomandante do 1º Batalhão de Polícia Militar, Major Daniel Pereira.

No encontro, ocorrido no Batalhão da Polícia Militar, em Rio Doce, ficou definido que a praia receberá um ônibus de Base Móvel de Monitoramento nos próximos dias e ampliação no número de viaturas e motos.

“Atualmente contamos com uma viatura e duas motos circulando pela orla. Vamos ampliar esse quantitativo. Além disso, na base móvel há três estações de monitoramento com acesso às câmeras em tempo real, no qual três guardas municipais observam a movimentação de pessoas e veículos. Caso presenciem alguma anormalidade nas imagens, eles vão informar para os policiais que estarão nas ruas através do rádio comunicador. Pretendemos colocar o ônibus próximo ao antigo quartel ainda nesta semana”, explica o secretário.

A operação Orla Segura será integrada com o efetivo do 1º BPM, onde dois diciclos, duas motocicletas e uma viatura farão patrulhamento na orla de Olinda.

Encontro ocorreu em Portugal
Encontro ocorreu em PortugalFoto: Cortesia

Em reunião com a diretoria da empresa aérea TAP Portugal, nesta segunda-feira (20), o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), solicitou a ampliação da frequência do voo direto entre a capital pernambucana e Lisboa. A conexão, hoje, é de cinco voos semanais e se consolida como uma das principais portas de ligação entre o Brasil e a Europa. O encontro ocorreu em Lisboa.

"Os números que temos da demanda já justificam o aumento para seis ou sete voos semanais. Trouxemos a possibilidade para a diretoria da empresa que foi bastante receptiva aos números. Vamos trabalhar juntos agora para que isso se concretize. Esse voo é importante não apenas para o Recife, mas para todo o Nordeste como melhor caminho para chegar a Europa e também como entrada de muitos turistas para o Brasil", afirmou Geraldo Julio.

Também participaram do encontro o vice-presidente sênior de marketing, comércio digital e comunicação da TAP, Abílio Martins, a diretora de comunicação corporativa, Gilda Luis, e o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras (PSB).

A nova campanha do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que começa a ser usada em março em todo o País, quer bater na tecla da identificação biométrica dos eleitores, o que é feito pela Justiça Eleitoral desde 2008. De olho nisso, tem como personagem principal a impressão digital.

A campanha é regionalizada, com 30 personagens em ilustração digital. As peças serão usadas nas mais diferentes mídias. Para o Nordeste, o filme, com 30 segundos, tem como trilha sonora um ritmo bem típico: o forró.

Em Pernambuco, eleitores inscritos em 38 municípios passarão pela revisão biométrica. Veja a relação dos municípios aqui

Confira a campanha do TSE:

Armando e Bruno Pereira (E) conversam sobre as potencialidades de São Lourenço da Mata
Armando e Bruno Pereira (E) conversam sobre as potencialidades de São Lourenço da MataFoto: Victor Soares/Divulgação

Principal líder do partido do prefeito de São Lourenço da Mata, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) prometeu trabalhar para atrair investimentos para o município. Ao lado do prefeito Bruno Pereira, o petebista também se comprometeu em levar mais recursos federais para a cidade. Um dos equipamentos a ser contemplado é o Pátio da Feira, que será requalificado e ampliado pela Prefeitura.

“A Prefeitura não pode apenas se voltar para a prestação de serviços convencionais, como o da limpeza. Também tem que atuar na promoção econômica, na atração de investimentos, na articulação para gerar empregos”, afirmou o senador, que esteve nesta segunda-feira no município.

Armando Neto também destacou que a Agência Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo, Agricultura e Meio Ambiente (Adesma), criada na gestão Bruno Pereira e que tem o papel de atrair indústrias e empresas para o município.

“A criação da Agência de Desenvolvimento marca uma preocupação do prefeito Bruno Pereira em atuar nessa promoção econômica. Eu quero ser parceiro desse trabalho para a gente levar investimentos para São Lourenço e gerar empregos, que é o que a população precisa”, afirmou o petebista.

O prefeito Bruno Pereira sublinhou que a experiência que o senador acumulou à frente da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe), Confederação Nacional da Indústria (CNI) e do Ministério do Desenvolvimento contribuirá para que a Adesma possa abrir as portas para população conquistar empregos.

“A Agência foi criada pensando em gerar empregos. E não tem uma pessoa mais gabaritada que o senador nessa área para nos ajudar a desenvolver São Lourenço e fazer da cidade um grande polo para trazer emprego para o nosso povo”, disse.

O PCdoB leva ao ar nesta terça-feira (21), às 20h30, o programa nacional da sigla, que contará com os principais nomes da sigla no País. Para convocar a militância para o programa, um filmete foi distribuído nas redes sociais fazendo o convite.

Governando o Maranhão, com Flávio Dino, a legenda, na chamada, usa a festa popular do boi, afirmando que a manifestação “emaranha” o Brasil de Norte a Sul.

Também aparecem as imagens, além do próprio Flávio Dino, da presidente nacional da sigla, deputada federal Luciana Santos, da senadora Vanessa Grazziotin, entre outros.

A chamada encerra com o #fotatemer, encampado pela sigla.


comece o dia bem informado: