Eduardo Marques e Marco Aurélio
Eduardo Marques e Marco AurélioFoto: Felipe Ribeiro/Folha de Pernambuco

Com o objetivo de diminuir as despesas e se adequar as Casas Legislativas do País, o novo presidente da Câmara de Vereadores do Recife, Eduardo Marques (PSB), e o primeiro secretário Marco Aurélio (PRTB) prometem cortes na instituição. Em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, nesta terça-feira (10), os dois legisladores disseram que a ideia é diminuir o número de cargos comissionados.

A Casa conta atualmente com 166 cargos comissionados. Apesar do número alto, Eduardo Marques disse que a Câmara não tem condições de realizar concursos “devido aos problemas financeiros que ocorrem”.

Segundo Marco Aurélio, até o final do mês de janeiro será feito um levantamento para saber quais cargos podem ser cortados. “A ideia da gente é que gente possa seguir o que as prefeituras estão seguindo para se adequa a agenda popular”, disse.

Marco Aurélio também argumentou que está se fazendo o máximo para a redução de despesas.

“Não temos carros alugados, nem eu tenho carro, nem o presidente (da Câmara), e ninguém da Mesa Diretora. Estamos em consonância do que está ocorrendo no Brasil”, relatou.

Nova sede

Eduardo Marques e Marco Aurélio também prometeram que iriam tentar transferir a Câmara para um novo local. “Pode ser na Rua Montevidéu. Alí vamos concentrar todo o departamento da Casa, e assim levar a administração, o plenário, para esse novo prédio”, disse Marques.

“Temos quatro anexos de casas alugadas, cada um em um canto da cidade. A nossa estrutura é muito ruim fisicamente. A ideia é colocar a estrutura administrativa em um prédio só”, afirmou Aurélio.

comece o dia bem informado: