A Prefeitura do Recife instituiu por meio de decreto assinado pelo prefeito Geraldo Julio (PSB), um comitê gestor composto por representantes de cinco secretarias municipais e quatro instituições da administração direta e indireta. A iniciativa faz parte do Programa de Desburocratização, Inovação e Eficiência da Administração Municipal, que foi detalhado, nesta quarta-feira (11), na sala de reuniões do gabinete do prefeito. Com a ação, o Executivo quer contribuir para a melhoria dos serviços públicos, incentivar o aumento da produtividade, fomentar o ambiente de negócios e reduzir os custos da máquina.

O comitê gestor será formado pelas secretarias de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente; de Mobilidade e Controle Urbano; de Planejamento, Administração e Gestão de Pessoas e de Finanças; Controladoria Geral do Município; Procuradoria Geral do Município; Emprel; e Agência Recife para Inovação e Estratégia. O grupo terá sua primeira reunião oficial na próxima segunda-feira (16). Os encontros ocorrerão semanalmente.

Entre as estratégias do colegiado estão: o acompanhamento das ações destinadas a simplificar os procedimentos burocráticos; avaliação dos resultados alcançados pelo programa; e o estabelecimento de metas para adoção de medidas de simplificação burocrática.

De acordo com o controlador Geral do município, Rafael Figueiredo, o comitê gestor vai discutir e catalogar os projetos da Prefeitura para que eles sejam priorizados. "Vamos fazer algumas entregas para a sociedade já nos próximos dias. O Programa de Gestão de Frota, por exemplo, vai possibilitar o compartilhamento de veículos da Prefeitura entre todos os servidores, eliminando os carros exclusivos e gerando uma economia para a Cidade", citou Figueiredo. "Outro será o licenciamento de obras feito pela internet e um banco de projetos enviados pela população dentro do Portal da Transparência", continuou o controlador Geral.

Com o programa, a Administração pretende integrar equipes e ações para que os gestores busquem otimizar os recursos e o tempo empregado na realização das atividades. Ficará a cargo do comitê gerir essas iniciativas.

O prefeito do Recife explicou que, com isso, pretende reduzir os custos e melhorar os serviços. "Tornar as ações mais eficientes, utilizar mais tecnologias, diminuir os passos necessários para fechar cada processo e melhorar o ambiente de negócios no Recife", afirmou o socialista.

O comitê gestor vai discutir e catalogar todos os projetos da Prefeitura para priorizá-los. Vamos fazer algumas entregas para a sociedade já nos próximos dias. O Programa de Gestão de Frota, por exemplo, vai possibilitar o compartilhamento dos veículos da Prefeitura entre todos os servidores, eliminando os carros exclusivos e gerando uma economia para a cidade. Outro será o licenciamento de obras feito pela internet e um banco de projetos enviados pela população dentro do Portal da Transparência”, detalhou o Controlador Geral do Município, Rafael Figueiredo.

comece o dia bem informado: