Após tomar conhecimento sobre a situação do abastecimento de água no município de Bezerros, no Agreste, o deputado estadual Waldemar Borges (PSB) apresentou preocupação com a cidade. Ele foi alertado pelo prefeito Severino Otávio, o Branquinho, que revelou que a Barragem de Jucazinho, que abastecia o local, entrou em colapso desde setembro do ano passado, e pela Barragem de Brejão, que, segundo o gestor, seca ainda esta semana.

“Branquinho tinha trabalhado uma alternativa através da barragem que será construída na Bacia do Serinhaém, que mesmo diante da urgência da situação ainda não teve suas obras iniciadas. É urgente que essa obra, inclusive já autorizada pelo governador, entre na relação das situações emergenciais da Compesa”, frisou o parlamentar.

O deputado lembrou que em Gravatá, também no Agreste, houve, há alguns meses, a iniciativa de melhorar a tubulação que faz o abastecimento através da Barragem de Amaraji.

“A obra foi realizada relativamente com poucos recursos e graças a ela a cidade não se encontra na dramática situação de colapso total, como a que está começando a acontecer em Bezerros. É, portanto, urgente que se inicie a obra no Serinhaém para que Bezerros enfrente o problema de maneira menos dramática, assim como Gravatá, mesmo precisando fazer racionamento, tem conseguido enfrentar", ressaltou.

comece o dia bem informado: