Vereador Marco Aurélio Medeiros em visita ao presidente do TRE-PE, Antônio Carlos da Silva
Vereador Marco Aurélio Medeiros em visita ao presidente do TRE-PE, Antônio Carlos da SilvaFoto: Divulgação

Após ingressar com um projeto de lei para desligar os pardais em horário de pico, o vereador do Recife Marco Aurélio Medeiros (PRTB) quer que outra iniciativa entre em vigor na Capital. A ideia é acabar com a aplicação de multa por câmeras de videomonitoramento, recentemente implantada pela Prefeitura. Para isso, o vereador quer um plebiscito com o qual a população decida se quer ou não que seja aplicada multa pelas câmeras.

Marco Aurélio Medeiros esteve nessa terça-feira (18) com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), desembargador Antônio Carlos da Silva, para fazer uma consulta sobre a possibilidade do plebiscito. Na ocasião, o vereador levou a proposta e ouviu do magistrado explicações sobre os trâmites do processo.

"Fui fazer uma consulta a ele, conversar com ele sobre um pedido que pretendemos aprovar na Câmara, que não só depende de mim. O interessante é que haja um plebiscito para que o povo do Recife decida se deve ou não haver multa através de câmera de videomonitoramento", afirmou. 

A ideia do vereador é que o plebiscito ocorra nas eleições estaduais de 2018 por uma questão de custo. Para a realização da consulta popular, o vereador precisa ingressar com um pedido na Câmara e o mesmo deve ser aprovado no plenário da Casa para seguir para o TRE. O pedido, de acordo com Marco Aurélio Medeiros, deverá ser apresentado pelos próximos dias.

comece o dia bem informado: