Geraldo Julio (PSB)
Geraldo Julio (PSB)Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Por Carol Brito
Da Folha de Pernambuco

Após o pronunciamento do presidente Michel Temer (PMDB) afastando a possibilidade de deixar o cargo, o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), avaliou que o Governo perdeu as condições de governabilidade e que a tendência é uma piora no cenário econômico do País. Segundo ele, a melhor opção teria sido a renúncia do chefe do Executivo federal. Neste caso, o administrador recifense defende que o rito da Constituição Federal seja seguido e sejam realizadas eleições indiretas.

"O que parece é que este Governo perdeu as condições políticas, perdeu as condições de governabilidade. Daqui pra frente devem piorar ainda mais. Me parece que o que mais ajudaria o País neste momento era se o presidente tivesse tido a serenidade e a tranquilidade de optar pela renúncia", afirmou Geraldo Julio.

O gestor avaliou que as condições políticas do Governo Temer se deterioram com a saída de ministros como Roberto Freire (PPS), ex-titular da pasta de Cultura. "A situação é gravíssima, as denúncias são muito sérias. As instâncias e órgãos responsáveis precisam fazer essa apuração, eu não tenho dúvidas que o caminho da Constituição. Seguir o que a Constituição estabelece, fazer as apurações, as investigações, percorrer o caminho necessário. E o que estabelece a Constituição nos dois últimos anos de mandato é a eleição indireta. Então, temos que seguir esse caminho".

Por fim, o gestor socialista prevê tempos difíceis para as prefeituras em momento de agravamento da crise política nacional. "Esses fatos devem aprofundar a crise no País. É o que diz o resultado da bolsa ontem e hoje e todos os indicadores econômicos. Isso deve impactar a economia brasileira e os serviços. Vamos continuar firmes no trabalho para que o Brasil possa voltar a ter as condições de estabilidade".

comece o dia bem informado: