Dois anos depois, Netflix altera cena de suicídio de '13 Reasons Why'

Nova versão já está disponível na plataforma de streaming

Hannah Baker (Katherine Langford)Hannah Baker (Katherine Langford) - Foto: Divulgação/Netflix

A Netflix anunciou nesta terça-feira (16) que alterou a cena de suicídio da protagonista Hannah Baker (Katherine Langford) mostrada no último episódio da primeira temporada de "13 Reasons Why", lançada em 2017 pela plataforma de streaming.

A sequência mostrava com detalhes o momento em que a personagem tira a própria vida. A nova versão, já disponível, mostra Hannah se olhando no espelho antes de entrar na banheira e sua mãe encontrando o corpo depois.

Leia também:
Série 13 Reasons Why aumentou buscas relacionadas ao suicídio
Netflix lança trailer da série brasileira Sintonia; veja

A emissora revelou que tomou a decisão após ouvir conselhos de médicos. "Ouvimos de muitos jovens que '13 Reasons Why' os encorajou a falar sobre assuntos difíceis como depressão e suicídio e a procurar ajuda pela primeira vez. Nos preparando para lançar a terceira temporada este ano, estivemos cientes do debate em relação à série. Seguindo o conselho de experts médicos (...) decidimos, com o criador Brian Yorkey e os produtores, cortar a cena em que Hannah tira sua própria vida na 1ª temporada", diz o comunicado oficial da Netflix.

À época do lançamento, muitos especialistas e telespectadores criticaram a cena, afirmando que a mesma seria um gatilho para os telespectadores com toques de didatismo. Um estudo realizado em conjunto por universidades e hospitais dos Estados Unidos e pelo Instituto Nacional de Saúde Mental (INSM) apontou que '13 Reasons Why' está associada a um aumento de 28,9% nos índices de suicídio entre crianças e adolescentes no Estados Unidos. A pesquisa considerou o período de abril de 2017, o mês seguinte à estreia da série.

Na primeira temporada da série, baseada no livro homônimo escrito por Jay Asher, Hannah deixa 13 fitas K-7 gravadas antes de se matar. Cada fita é enviada a uma pessoa com quem ela convivia. No segundo ano, lançado em 2018, a escola em que a personagem estudava é processada e fitas polaroides contam novas histórias.

A série terá sua terceira temporada lançada este ano, possivelmente em setembro. Os dois primeiros anos, com 26 episódios ao todo, estão disponíveis na Netflix.

Veja também

Mayra Cardi diz que se arrepende de expor traições de Arthur Aguiar
Famosos

Mayra Cardi diz que se arrepende de expor traições de Arthur Aguiar

Site traz mapeamento de artesãs têxteis em Pernambuco
Artesanato

Site traz mapeamento de artesãs têxteis em Pernambuco