Em show no Masp, Daniela Mercury protesta com seios pintados

Cantora protesta contra as manifestações que visam restringir a nudez nos espaços artísticos

'Proibir a arte é proibir a vida', disse a cantora'Proibir a arte é proibir a vida', disse a cantora - Foto: Reprodução/Instagram

Com os seios pintados pelo artista baiano Iuri Sarmento, a cantora Daniela Mercury, 52, protestou contra censura nas artes em show beneficente que aconteceu no Masp, em São Paulo.

"Não há prisão para a imaginação. Podem fechar os olhos, tapar os ouvidos e ainda assim a arte estará dando sentido à vida. As galerias são a nossa garganta, as telas são nosso corpo. O teatro são as ruas e qualquer lugar que acolha nossa ficção cotidiana e a nossa invenção individual e coletiva. Ninguém prende artista, nem dentro, nem fora de si. Proibir a arte é proibir a vida, é proibir a existência do homem", disse a artista em publicação feita no Instagram.

Leia também:
[Vídeo] Museu em SP é acusado de pedofilia após performance com nudez
Performance de nudez causa polêmica no Teatro Apolo
Performance em evento cultural gera polêmica em Afogados da Ingazeira

No fim do texto, a cantora usou as hashtags #nuanomuseu, #nãoacensura e #meucorpoéarte.

Onda conservadora

O Masp abriga a exposição "Histórias da Sexualidade", que inicialmente teve classificação indicativa considerada imprópria para menores de 18 anos. O Ministério Público recorreu e o museu passou a permitir a entrada de menores acompanhados por responsáveis.

Em setembro, o Santander Cultural encerrou prematuramente a exposição "Queermuseu", que tinha temática LGBT, em Porto Alegre, após protesto de grupos conservadores.

Poucos dias depois, uma performance realizada durante a abertura do 35º Panorama da Arte Brasileira no MAM (Museu de Arte Moderna) foi acusada de incitação à pedofilia por internautas que se manifestaram nas redes sociais do museu. Na ocasião, uma criança que estava entre os espectadores interagiu com o artista, tocando em sua perna e em sua mão.

"Meu corpo está a serviço da arte. Meu corpo é arte, é expressão. As nossas vergonhas nunca foram um corpo sem roupa. Os nossos pecados são a violência e o autoritarismo. Vamos celebrar sem medo a liberdade tão arduamente conquistada por nós e por todos que vieram antes", afirmou Mercury em outra publicação na mesa rede social.

Veja também

Morre ator britânico Dave Prowse, que interpretou Darth Vader
Luto

Morre ator britânico Dave Prowse, que interpretou Darth Vader

Leda Nagle recebe alta após ser internada com Covid-19
Alta

Leda Nagle recebe alta após ser internada com Covid-19