Escritora Marcia Tiburi lança livro sobre a potência transformadora do feminismo

Autora participa de evento de lançamento nesta terça-feira (3), na Livraria Cultura do Paço Alfândega

Contra a ignorância do machismo, Tiburi lança "Feminismo em Comum"Contra a ignorância do machismo, Tiburi lança "Feminismo em Comum" - Foto: Divulgação

"Feminismo" ainda soa como um palavrão aos ouvidos de boa parte da população. Constantemente incompreendido e alvo de preconceitos, o movimento está em permanente construção. Abre as portas para incluir e significar outras opressões, se modifica, remodela, reorganiza e reergue. É nesse cenário que o selo feminista Rosa dos Tempos, do Grupo Editorial Record, volta à tona, com lançamento de “Feminismo em comum: para todas, todes e todos”, da professora e escritora Marcia Tiburi, autora de "Como conversar com um fascista". O evento de lançamento, gratuito, ocorre nesta terça-feira (30), às 18h, na Livraria Cultura do Paço Alfândega e contará com debate.

No livro, Marcia procura apresentar o movimento feminista pela sua potência transformadora. "Quando me convidaram a escrever algo para relançar o selo, optei por esse pequeno livro como um convite a pensar sobre o feminismo, a usá-lo como uma metodologia de análise da sociedade", declara. É através dele que pensa, também, sobre a descoberta da feminista em cada uma de nós.

"Há um momento pré ou proto-feminista na vida de todas nós. Se ninguém nasce mulher, mas se torna mulher, ninguém nasce feminista, mas também se torna", diz, em referência a Simone de Beauvoir. "Nesse livro falo um pouco das mulheres da minha família, no momento em que preciso argumentar sobre o surgimento do feminismo na vida de cada uma de nós".

Leia também:
Super-heróis trazem racismo e feminismo em suas HQs
Literatura fantástica à brasileira em primeiro livro original lançado na CCXP
Livraria Cultura compra e-commerce de livros Estante Virtual


Com escrita em tom de crônica, como em uma grande conversa, Marcia explora as nuances do movimento. “Tento situar o feminismo, definí-lo, mostrar quais são suas potencialidades como teoria e como prática", explica. "A ideia de um 'feminismo em comum' diz respeito ao modo dialógico de ser do feminismo que proponho: em aberto, que se faz 'com' as pessoas", expressa.

Após o recente cancelamento de evento para lançar o polêmico livro "A discriminação do gênero-homem no Brasil em face à Lei Maria da Penha", escrito pelo juiz Gilvan Macêdo dos Santos, o lançamento de "Feminismo em Comum" vem para explicar que feminismo e machismo não poderiam ser mais distintos, ao contrário do que alguns creem. “O feminismo é uma espécie de antídoto contra as violências simbólicas e físicas perpetradas na lógica do patriarcado. O machismo é um tipo de ignorância que só o feminismo pode modificar. O feminismo está para a democracia como o machismo está para o caráter antidemocrático”, afirma Marcia.

“Tento mostrar como isso foi se formando e como há relação com outras faces do grande sistema de opressão que é o capitalismo. Ele está na base de toda opressão. Por isso eu coloco a importância do feminismo interseccional e do caráter paradigmático do feminismo negro que reuniu raça e classe à luta feminista. Proponho, nessa linha, que acrescentemos a luta contra a opressão etária e relacionada às pessoas com deficiência na causa feminista”, manifesta.

Por fim, um recado: “Às mulheres, que conversem, ouçam, estudem as mulheres. Empoderem as outras, valorizem o feminismo do qual todas se beneficiam quando direitos e liberdades são conquistados. O movimento é um convite à autonomia e à emancipação. Aos homens, sugiro que pratiquem a ético-política da escuta, desconstruam a covardia que é seu legado de gênero. Para os homens implica um grande questionamento sobre a subjetividade masculina fortemente marcada pela violência e pelo autoritarismo. É uma forma de ser um ser humano melhor”, finaliza a autora.

Serviço
Lançamento "Feminismo em Comum", de Marcia Tiburi
Nesta terça-feira (30), às 18h
Livraria Cultura (Rua Alfândega, 35, Recife Antigo)
Preço: R$ 20
Informações: (81) 2102-4033

Veja também

“Dom Quixote” na série #EmCasaComSesc para a criançada
Teatro Infantil

“Dom Quixote” na série #EmCasaComSesc para a criançada

Lipe Ribeiro vence pela terceira vez 'Prova de Fogo' em 'A Fazenda'
Reality

Lipe Ribeiro vence pela terceira vez 'Prova de Fogo' em 'A Fazenda'