Grupo de moda Michael Kors compra a grife Versace

Donatella Versace, diretora artística e vice-presidente da grife, disse que este é um momento motivador

VersaceVersace - Foto: Miguel Medina / AFP

O grupo de moda americano Michael Kors oficializou nesta terça-feira (25) a compra da casa italiana Versace, avaliada em EUR 1,83 bilhões (R$ 8,7 bilhões), confirmando as informações publicadas no dia anterior na imprensa.

"A aquisição da Versace é uma etapa importante para o nosso grupo e, com nossos recursos, acreditamos que a Versace crescerá para ultrapassar US$ 2 bilhões (R$ 8,1 bilhões) em faturamento", disse o diretor executivo da Michael Kors, John Idol.

"É um momento muito motivador para a Versace, estou orgulhosa de que a marca continue sendo muito poderosa na moda e na cultura moderna", disse Donatella Versace, diretora artística e vice-presidente do grupo de mesmo nome.

Leia também:
Jornal italiano afirma que Versace será vendida
Novos estilistas passam a fazer parte do Marco Pernambucano da Moda


Fundada em 1978 pelo designer Gianni Versace e seu irmão Santo, a Versace é um ícone da moda italiana com coleções de luxo e muito ousada. Após o assassinato do carismático Gianni em 1997, a marca passou por anos difíceis e recuperou seu prestígio graças a uma forte reorganização interna e ao talento de sua irmã Donatella.

As vendas do grupo cresceram entre 2009 e 2016, passando de EUR 268 milhões (R$ 1,2 bilhão) para EUR 668,7 (R$ 3,1 bilhões) antes de estagnar em 2017. Michael Kors é uma marca de renome nos Estados Unidos e tem muitos seguidores entre celebridades como Michelle Obama, Catherine Zeta-Jones ou Nicole Kidman.

No ano passado, a marca americana comprou a icônica marca de sapatos de luxo Jimmy Choo, por US$ 1,2 bilhão (cerca de R$ 3,7 bilhões, nos valores vigentes na época). O grupo foi criado em 1981 por Michael Kors, 59 anos, que ainda é seu diretor criativo.

Veja também

Netflix faz campanha para Chadwick Boseman ser indicado ao Oscar em 2021
Oscar 2021

Netflix faz campanha para Chadwick Boseman ser indicado ao Oscar em 2021

Wesley Safadão faz 1ª live solo desde abril: 'Não dá para deixar 2020 sem Garota VIP'
live

Wesley Safadão faz 1ª live solo desde abril: 'Não dá para deixar 2020 sem Garota VIP'