Maurício Sherman, ex-diretor da Globo, morre aos 88 anos

A causa da morte não foi divulgada

Maurício ShermanMaurício Sherman - Foto: Reprodução

Maurício Sherman, ex-diretor da Globo e um dos criadores de Fantástico, morreu na manhã desta quinta (17), aos 88 anos, no Rio de Janeiro. A causa da morte não foi divulgada.

Antes da emissora, em 1949, ele passou pela Rádio Guanabara, a convite do ator Paulo Renato, diretor da emissora, onde trabalhou ao lado de Chico Anysio, Fernanda Montenegro, Fernando Torres e Elizeth Cardoso.

Ele também atuou em palcos e na televisão. Em 1951, participou da peça "Massacre", de Emmanoel Roblès, da Companhia de Graça Mello. Após três anos, já na TV Tupi do Rio, ainda atuou no "Sítio do Picapau Amarelo".

Leia também:
Globo antecipa segunda temporada de 'Verdades Secretas'
Globo faz reality culinário sem jurado de cara feia no esquema paz e amor


Sherman começou a trabalhar na Globo em 1965, na direção de "Espetáculo Tonelux", programa musical apresentado por Marília Pêra, Gracindo Jr., Riva Blanche e Paulo Araújo.

Sempre nos bastidores, ainda passou por programas como "Zorra Total" e "Faça Humor, Não Faça Guerra". Shermann participou da equipe de criação do Fantástico, em 1973, e foi um dos diretores do programa por três anos.

Em 1983, começou a dirigir a programação da recém-inaugurada TV Manchete, onde descobriu e lançou as carreiras das apresentadoras Xuxa e Angélica nos programas infantis.

Após cinco anos, em 1988, o diretor voltou à emissora carioca como diretor-executivo da Central Globo de Produção. Nos anos seguintes ele ainda foi diretor de "Domingão do Faustão", supervisor do "Video Show" e esteve à frente de "Os Trapalhões".

Artistas lamentaram a morte do diretor. "Poxa, Maurício, além de um tremendo pioneiro, era uma dulcíssima pessoa", escreveu o músico Lobão em seu Twitter.
O humorista Paulinho Serra também se manifestou: "Lá se foi Maurício Sherman. Descanse em paz, não trabalhei com ele mas sempre tive muito respeito".

Sherman nasceu no dia 21 de janeiro de 1931, em Niterói, filho de um casal de judeus poloneses.

Veja também

Poliana Abritta rebate comentário de Robinho sobre feminismo
notícias

Poliana Abritta rebate comentário de Robinho sobre feminismo

Jorge Aragão recebe alta da UTI após internação por complicações pela Covid-19
famosos

Jorge Aragão recebe alta da UTI após internação