Netflix anuncia 30 produções brasileiras nos próximos dois anos

Entre as novidades apresentadas pela plataforma de streaming está a contratação de Maisa Silva e animação do 'Menino Maluquinho'

Netflix aumenta investimento em conteúdo brasileiro Netflix aumenta investimento em conteúdo brasileiro  - Foto: Alexandre Schneider/Netflix/Divulgação

Investir ainda mais em conteúdo nacional é a meta da Netflix. A plataforma de streaming revelou, nesta quarta-feira (24), durante a conferência Rio2C, no Rio de Janeiro, que deve chegar ao número de 30 produções originais brasileiras nos próximos dois anos.

Uma das apostas da empresa é uma versão animada do “Menino Maluquinho”, personagem criado pelo escritor e cartunista Ziraldo. A produção é da empresa Chatrone, que levou aos cinemas o filme “Festa no Céu” (2014), e deve estrear em 2021.

Entre os novos contratados do serviço de streaming está a atriz e apresentadora Maísa Silva, que protagonizará três produções. O comediante Fábio Porchat também será a estrela de três novas atrações.

Leia também:
Beyoncé tem contrato de R$ 236 milhões com a Netflix para três projetos, diz revista
Novos episódios de 'Samantha!', 'Sabrina' e 'The Walking Dead' chegam à Netflix em abril
Netflix cancela 'One Day at a Time' e fãs lançam campanha para salvar a série


Já a atriz Larissa Manuela protagonizará do filme “Modo Avião”, dirigido por César Rodrigues. O enredo gira em torno de Ana, uma jovem influenciadora digital que bate o Mustang de colecionador do avô ao tirar uma selfie e é enviada para a fazenda dele para tentar consertar o carro, sem o celular.

Bruno Garotti dirige a comédia romântica “Ricos de Amor”, com Danilo Mesquita e Giovanna Lancellotti nos papéis principais. “Carnaval”, que tem direção de Leandro Neri, conta a história de uma garota de 23 anos que vê um vídeo de traição de seu namorado viralizar na internet.

"O Menino Maluquinho" será transformado em animação - Crédito: Divulgação



Outro filme anunciado recentemente pela Netflix é “Sergio”, produzido e estrelado por Wagner Moura. A cinebiografia segue a fascinante vida e a trágica morte do carismático diplomata brasileiro na ONU Sérgio Vieira de Mello. As novas produções serão filmadas em várias localidades do Brasil, incluindo o distrito de Cimbres, na cidade de Pesqueira, em Pernambuco.

Confira as próximas séries originais brasileiras da Netflix:


“Futebol”
Drama de Elena Soares que conta a história por trás da relação intensa entre dois jogadores, Toró e Pantera, meninos pobres de 15 anos que são escolhidos entre uma multidão para integrar a categoria júnior do maior time brasileiro: o Carioca Futebol Clube.

“O Escolhido”
Adaptação dos autores de fantasia Raphael Draccon e Carolina Munhóz, dirigida por Michel Tikhomiroff, estrelando Paloma Bernardi e Renan Tenca e produzida pela Mixer Filmes.

“Sintonia” 
Criada por Kondzilla, Guilherme Quintella e Felipe Braga, com produção da Losbragas.

“Irmandade” 
Com Seu Jorge e Naruna Costa, dirigida por Pedro Morelli e produzida pela O2.

“Ninguém Tá Olhando” 
Comédia que marca o primeiro projeto solo de Daniel Rezende para a Netflix, estrelando Victor Lamoglia, Júlia Rabello e Kéfera Buchmann, com produção da Gullane.

Veja também

Após rejeitar Globo, Manu Gavassi conversa com Netflix sobre possíveis projetos
streaming

Após rejeitar Globo, Manu Gavassi conversa com Netflix sobre possíveis projetos

Set de 'Apocalypse Now': entre ordem e caos, com cadáveres em cena
Apocalypse Now

'Dutch Angle' traz histórias sobre bastidores de clássico