Presença pernambucana na Mostra de Cinema de Tiradentes

Evento mineiro, que começa nesta sexta-feira, vai exibir um longa e sete curtas pernambucanos ao longo da programação

"Nova Iorque", de Leo Tabosa, está na Mostra Praça do evento"Nova Iorque", de Leo Tabosa, está na Mostra Praça do evento - Foto: Alex Costa/Divulgação

Um longa e sete curtas-metragens pernambucanos estão na programação da 21ª Mostra de Cinema de Tiradentes, que começa nesta sexta-feira (19) e segue até o dia 27 de janeiro em Minas Gerais. O evento, composto por 102 filmes (sendo 30 longas e 72 curtas-metragens), segue com um perfil que privilegia a produção nacional contemporânea.

Leia também:
Filme 'Corpo e alma' apresenta história sutil e envolvente
'Me chame pelo seu nome' é romance homossexual de descobertas
Vale a pena assistir 'Voldemort: A Origem do Herdeiro', filme feito por fãs?
Millie Bobby Brown protagonizará filmes sobre irmã de Sherlock Holmes


O tema do festival deste ano é "Chamado realista", conceito que guia a seleção dos filmes, feita pelos curadores Cléber Eduardo e Lila Foster, e a escolha do homenageado: o ator Babu Santana (de filmes como "Estômago" e "Tim Maia"). A edição deste ano reúne longas-metragens divididos em seis linhas temáticas: Aurora, Olhos Livres, Homenagem, Chamado Realista, Praça e Mostrinha.

Os longas vêm de nove estados diferentes: São Paulo (12), Rio de Janeiro (6), Minas Gerais (5), Paraíba (2), Goiás (1), Bahia (1), Pernambuco (1), Paraná (1) e Distrito Federal (1). Entre os destaques estão "Imo" (MG), de Bruna Schelb Correa; "Ara Pyau - A Primavera Guarani" (SP), de Carlos Eduardo Magalhães; "Dias Vazios" (GO), de Robney Bruno Almeida; e "Rebento" (PB), de André Morais.

Pernambuco

Os sete curtas-metragens pernambucanos estão divididos da seguinte forma: dois na Mostra Foco ("Fantasia de índio", de Manuela Andrade, e "Peito vazio", de Yuri Lins e Leon Sampaio); três na Mostra Panorama ("O olho e o espírito", de Amanda Beça, "Repulsa", de Eduardo Morotó, e "Superpina", de Jean Santos), e outros dois na Mostra Praça ("Leona Assassina Vingativa 4 - atrack em Paris", de André Antônio e Paulo Colucci, e "Nova Iorque", de Leo Tabosa).

O curta-metragem "História Natural" (2014), de Julio Cavani, também faz parte da programação, dentro de uma programação selecionada pelo Sesc, durante o evento. 

O único longa-metragem pernambucano na programação é "Camocim", de Quentin Delaroche. No documentário, o diretor acompanha o cotidiano de Camocim de São Félix, pequena cidade do interior do Pernambuco, durante um período de campanha eleitoral.

CAMOCIM - Teaser from PONTE PRODUÇÕES on Vimeo.

 

Veja também

Ellen Page fala sobre representatividade em série da Netflix e compara com sua infância
streaming

Ellen Page fala sobre representatividade em série da Netflix e compara com sua infância

Dua Lipa mostra tatuagem falsa e internautas comparam ao apresentador Ratinho
celebridades

Dua Lipa mostra tatuagem falsa e internautas comparam ao apresentador Ratinho