Promotores investigam Sylvester Stallone por agressão sexual

Caso envolve uma mulher que denunciou o ator, de 71 anos, em novembro passado, por um ataque que teria ocorrido em 1990

Sylvester StalloneSylvester Stallone - Foto: Nicholas Kamm/AFP

Promotores americanos iniciaram uma investigação para determinar se o ator Sylvester Stallone pode ser acusado por um ataque sexual revelado no ano passado, informou nesta quarta-feira (13) um porta-voz do gabinete do procurador do Distrito de Los Angeles.

O caso envolve uma mulher que denunciou o ator, de 71 anos, em novembro passado, por um ataque que teria ocorrido em 1990. "Hoje foi apresentado um caso pelo Departamento de Polícia de Santa Monica envolvendo Sylvester Stallone", disse à AFP Greg Risling, porta-voz do gabinete. "Isto está com o nosso grupo especial para crimes sexuais".

Leia também:
Sylvester Stallone é cotado para cargo no governo Trump
Falsa morte de Sylvester Stallone vira piada nas redes sociais


O porta-voz não deu detalhes sobre o suposto ataque ou se a prescrição de dez anos adotada na Califórnia se aplica ao caso. O advogado do ator, Martin Singer, admitiu em dezembro passado que Stallone manteve uma relação com a denunciante quando gravava um filme em Israel, em 1987, mas "negou categoricamente" qualquer agressão.

A investigação contra Stallone é mais um capítulo da onda de escândalos de abuso sexual em Hollywood deflagrada com as denúncias contra o produtor Harvey Weinstein. As revelações dos crimes de agressão e assédio sexual de Weinstein, acusado por uma centena de mulheres, gerou uma consciência global sobre a violência com o movimento #MeToo e levou à queda de vários homens poderosos, como o chef Mario Batali, o ator Kevin Spacey e o produtor Brett Ratner.

Veja também

Camila Pitanga e filha testam positivo para malária
TV

Camila Pitanga e filha testam positivo para malária

Marília Mendonça se retratará sobre fala transfóbica em live: 'Passei o dia todo refletindo'
famosos

Marília Mendonça se retratará sobre fala transfóbica em live: 'Passei o dia todo refletindo'