Supermãe, personagem de Ziraldo, ganha almanaque comemorativo

Publicadas entre 1968 e 1984, tirinhas do cartunista mineiro foram publicadas no livro 'Almanaque 50 anos - The Supermãe', que celebra as cinco décadas da personagem

Ziraldo criou a personagem ao observar a relação entre mães e filhosZiraldo criou a personagem ao observar a relação entre mães e filhos - Foto: Ana Colla/Divulgação

Toda vez que o dever a chama, Dona Clotildes está pronta para vestir sua capa vermelha e entrar em ação com seus poderes especiais. A missão não é salvar o mundo, mas zelar pelo bem estar do seu filho, ainda que ele já seja um marmanjo. Essa é a Supermãe, personagem criada pelo cartunista Ziraldo em 1968 e publicada até 1984 em tirinhas do Jornal do Brasil e da revista Claudia. Para relembrar as cinco décadas de existência da heroína, ela está de volta em uma edição comemorativa.

Lançado pela editora Melhoramentos, o "Almanaque 50 anos - The Supermãe" faz um apanhado dos 16 anos de histórias produzidas sobre a matriarca e seu amado rebento, Carlinhos. Ziraldo utilizou seu bom humor característico para retratar as doses de ciúmes e de cuidados exagerados que muitas vezes permeiam a relação entre mães e filhos. Na apresentação da coletânea, o escritor e ilustrador Guto Lins esclarece que a inspiração para a saga materna não vem exatamente de Dona Zizinha, mãe do cartunista mineiro.

"Mesmo com os bons-tratos e paparicos, aprendeu a se virar sozinho desde cedo e achava muito engraçado seus novos amigos cariocas, que tinham hora de voltar para casa e morriam de medo da 'mamãe'. Ele cuidava dos irmãos, se mandara pro Rio sozinho deixando sua mãe chorosa na rodoviária de Caratinga", explica o texto. A organização do livro ficou por conta da designer Adriana Lins, que é sobrinha de Ziraldo, e do produtor de cinema Tarcísio Vidigal.

Leia também:
Cartunista Ziraldo recebe alta e deixa hospital no Rio
Coletânea reúne a obra de Caco Galhardo nos quadrinhos


A obra comemorativa começou a ser pensada no ano passado, antes do AVC sofrido por Ziraldo em setembro, do qual ele ainda se recupera. A proposta partiu de Tarcísio, que mantém uma relação de amizade com o autor desde 1975, quando dirigiu um curta-metragem sobre ele. "Como sou colecionador de quadrinhos, acumulei muita coisa sobre Ziraldo. Mexendo nos meus recortes, descobri que a Supermãe estava fazendo 50 anos em 2018. É uma personagem fantástica e que, talvez, muitos leitores mais jovens não conheçam. Foi muito bom esse trabalho de resgate, para mostrar às novas gerações uma obra que permanece atual", afirma o organizador, em entrevista à Folha de Pernambuco.

Edição comemorativa de Supermãe foi publicada pela editora Melhoramentos

Edição comemorativa de Supermãe foi publicada pela editora Melhoramentos - Crédito: Divulgação



Sempre guiados pela opinião do criador, os organizadores tiveram o trabalho de selecionar as tirinhas que entrariam na publicação, em meio a um material extenso, e arrumá-las de maneira orgânica. "A gente montou uma ordem que, às vezes é temática, às vezes é cronológica. O importante é que o resultado permite perceber uma narrativa que vai evoluindo. O Carlinhos começa solteiro, depois namora e casa. No final, surge a nora Naná, o neto, e a Supermãe vira também Superavó. É bacana para o leitor acompanhar isso", adianta Tarcísio.

Além de reeditar histórias já não mais publicadas, o livro também presenteia os fãs do cartunista com textos inéditos, curiosidades e esboços. "Como estávamos dentro do estúdio do próprio Ziraldo, com acesso a todas aquelas gavetas, a gente foi pesquisando e descobrindo raridades. O leitor de quadrinhos gosta de ver como o artista criou as coisas. Por isso, há páginas no almanaque só com o desenho a lápis, sem a arte final. Restauramos materiais que estavam guardados há 40 anos", conta. A mesma editora da coletânea prepara ainda para esse ano uma nova edição de "Flicts", livro que marcou a estreia de Ziraldo na literatura infantojuvenil, mais uma mostra da genialidade de um dos grandes nomes da cultura brasileira.

Serviço

"Almanaque 50 anos - The Supermãe", de Ziraldo
Editora Melhoramentos, 120 páginas
Preço médio: R$ 120

Veja também

'A Caminho da Lua' é arma da Netflix para desbancar império animado da Disney
streaming

'A Caminho da Lua' é arma da Netflix para desbancar império animado da Disney

Bruna Marquezine cai do salto e lembra Salete, de 'Mulheres Apaixonadas', em estreia como youtuber
Famosos

Bruna Marquezine cai do salto e lembra Salete, de 'Mulheres Apaixonadas', em estreia como youtuber