Armazém da Criatividade terá internet de 1 gigabit por segundo

Braço do Porto Digital em Caruaru foi "presenteado" com a inclusão no programa estadual que vai levar banda larga ao interior

Armazém da CriatividadeArmazém da Criatividade - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Braço do Porto Digital em Caruaru, o Armazém da Criatividade está completando dois anos com a missão de dobrar suas atividades até 2020. Para isso, foi "presenteado" com a inclusão no programa estadual que vai levar internet de alta velocidade para o interior. A previsão é que o equipamento receba uma banda larga de um gigabit por segundo até março de 2018 e, assim, possa ampliar a capacitação e a criação de negócios inovadores no Agreste.

“O projeto da Rede Pernambucana de Ensino e Pesquisa inclui o Armazém da Criatividade, junto com UPE, UFPE e IFPE, na primeira rodada de conectividade a um gigabit por segundo em Caruaru”, contou o presidente do Conselho Diretor do Porto Digital, Silvio Meira. “A gente espera ter conectividade de banda larga aqui até março de 2018”, confirmou a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco, Lúcia Melo, destacando que o Estado vai investir R$ 7 milhões na compra dos materiais necessários para levar o projeto a Caruaru e a mais 19 municípios do Estado. “A licitação para a aquisição de equipamentos já foi concluída. Os acordos de cooperação e protocolos também estão fechados”, completou.

Leia também:
Caruaru atrai duas novas indústrias


Desenvolvida em parceria com a Rede Nacional de Pesquisa, a Celpe e a iniciativa privada, a Rede Pernambucana de Ensino e Pesquisa vai contemplar instituições de ciência, tecnologia e inovação com a intenção de conectar esses agentes, propiciando o surgimento de novas pesquisas e negócios. “A inclusão do Armazém nesse projeto nos coloca na classe de sofisticação das universidades. Entramos no nível de polo essencial para o desenvolvimento, a educação e a pesquisa”, comemorou Meira, dizendo que a banda larga será essencial para a ampliação das atividades do equipamento que leva o Porto Digital ao Agreste do Estado.

“A qualidade da internet que temos hoje em Caruaru é boa. Mas, do ponto de vista do empreendedorismo digital, não é. Não conseguimos, por exemplo, fazer uma videoconferência em alta resolução no auditório. Mas, com um gigabit por segundo, poderemos até ter uma conexão permanente com os auditórios do Recife, transmitindo palestras aqui”, avaliou Meira.

“A conectividade de banda larga permite é um pré-requisito da transformação digital, possibilita interatividade e cooperação. Por isso, faz diferença em qualquer tipo de atividade econômica. As startups daqui poderão, por exemplo, cooperar com startups de outros locais”, completou Lucia, que confirmou a inclusão do Armazém na Rede Pernambucana de Ensino e Pesquisa depois da primeira reunião do Conselho Diretor do Porto Digital em Caruaru, realizada nesta semana em comemoração aos dois anos do Armazém da Criatividade.

Veja também

Cerca de 50% dos pernambucanos pretendem comprar na Black Friday
Black Friday

Cerca de 50% dos pernambucanos pretendem comprar na Black Friday

Black Friday: veja as dicas para não ser enganado
Black Friday

Black Friday: veja as dicas para não ser enganado