Banco do Nordeste destaca potencial do agronegócio

Presente no 27º Agrinordeste, o banco prevê um orçamento de R$ 40 bilhões para este ano. Deste total, até 45% vão para o setor agropecuário

Romildo Rolim, presidente do Banco do Nordeste, no 27º AgrinordesteRomildo Rolim, presidente do Banco do Nordeste, no 27º Agrinordeste - Foto: Jose Britto/Folha de Pernambuco

Evento que reúne importantes representantes institucionais e produtores do agronegócio brasileiro, o 27º Agrinordeste debate os temas ligados ao desenvolvimento do setor, principalmente na região Nordeste. Realizado no Centro de Convenções de Pernambuco, seus vários estandes apresentam produtos e serviços para a produtividade da região, por meio da fruticultura, avicultura, lácteos, e diversos outros segmentos.

Presente no Agrinordeste, o Banco do Nordeste (BNB) é uma instituição que estimula o agronegócio. Este ano, o banco prevê que dos R$ 40 bilhões de empréstimos que serão feitos, entre 40% e 45% serão voltados para o agronegócio. “O Agrinordeste é uma feira importante para reunir atores do Nordeste, sejam agricultores, pessoas que expõem seus produtos e vários agentes. A tecnologia e as palestras para capacitação são fundamentais para a melhoria do processo produtivo”, destacou o presidente do BNB, Romildo Rolim.

Ainda segundo Rolim, os resultados do banco serão possíveis através de linhas de financiamentos disponibilizadas pelo banco, tanto para micro e pequenas empresas como para grandes empresas. “Temos um programa para microcrédito rural, o Agroamigo, que é um crédito produtivo e orientado. A gente faz a operacionalização da agricultura familiar. A gente não só dá o dinheiro, mas também faz orientação técnico-gerencial, introduz a inovação e a atividade sustentável, mantendo o cliente orientado e com adimplência para renovar o crédito e permanecer na atividade. E também temos o crédito para os grandes exportadores e grandes empresas, tanto em seus produtos de comercialização, como em embalagens, plásticos”, disse Rolim.

Leia também:
Feira Agrinordeste mostra produtos e serviços no Centro de Convenções
Pernambuco recebe o 27º Agrinordeste, evento indoor de agronegócio


O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, destacou a importância do Agrinordeste para o desenvolvimento do Nordeste. “Aqui é uma fundamental troca de informações, como podemos desenvolver e melhorar uma cultura. O Nordeste é uma região viável, com uma alta diversidade de clima e solo, e pessoas competentes. Mas por ter períodos de seca, isso pode desestruturar toda a economia agropecuária. Por isso, o Nordeste deveria receber um tratamento diferenciado. O Governo Federal deveria buscar rapidamente um sistema que reduzisse essa disparidade entre o desenvolvimento do Sudeste e Sul comparado ao Nordeste”, disse Martins.

O Agrinordeste será realizado até esta quinta-feira (26), com entrada gratuita. O horário de funcionamento do evento é das 9h às 21h - das 9h às 11h começam os seminários e palestras disponibilizadas no evento e depois a feira é aberta.

Veja também

Retomada surpreende shoppings, que veem mais concorrência com comércio eletrônico
Comércio

Retomada surpreende shoppings, que veem mais concorrência com comércio eletrônico

Dólar se afasta de mínimas com foco em negociações nos EUA
BOLSA DE VALORES

Dólar se afasta de mínimas com foco em negociações nos EUA