Black Friday promete descontos de até 70%

Para aproveitar a data, shoppings vão ampliar os seus expedientes. Expectativa é vender 30% mais

Mendonça Filho, Armando Monteiro Neto e Bruno AraújoMendonça Filho, Armando Monteiro Neto e Bruno Araújo - Foto: Divulgação

Com promessa de grandes ofertas, começa nesta sexta-feira (25) a tão esperada Black Friday. Lojistas prometem descontos de até 70% no valor dos produtos e os shoppings ampliaram o horário de funcionamento. A maioria vai abrir às 7h e fechar às 23h. Além das lojas físicas, plataformas virtuais também vão participar da “sexta-feira negra”, data que caiu no gosto dos consumidores brasileiros. Castigados pela crise, comerciantes formais apostam num crescimento de 30% nas vendas em comparação com a promoção de 2015.

Leia mais:
Imóveis também entram na Black Friday em Pernambuco
Procon e Proteste alertam sobre fraudes no comércio durante a Black Friday
Confira dicas para não cair em golpes na Black Friday


Segundo dados do SPC Brasil, os consumidores pretendem comprar entre três e quatro produtos e gastar cerca de R$ 1.426,13. Já a pesquisa da Ebit mostra que a expectativa de movimentação para este ano no varejo online é de R$ 2,1 bilhões contra R$ 1,5 bilhão faturado no ano passado.

Os shoppings Riomar e Recife prometem descontos de até 70% em vestuário, decoração, eletrônicos e gastronomia. Ambos ampliaram o horário de funcionamento, que vai das 7h às 23h. “A Black Friday é uma grande oportunidade de compra para os pernambucanos, principalmente neste período, de proximidade do Na­­­tal”, comentou a gerente de Marketing do Shopping Recife, Renata Cavalcanti.

No Guararapes e no Tacaru­­­na as portas vão abrir um pou­­­­­co mais tarde. Começam a receber os clientes a partir 8h e vão até 23h. Os descontos no Guararapes chegam a 60%. No Tacaruna vão chegar a 70%.

Mas aqueles que não querem sair do conforto de casa também terão acesso à promoção.

Os consumidores online já somam quase 40 milhões no Brasil e, segundo pesquisa do Google e Ibope sobre intenção de compra na Black Friday, 47% pensam em antecipar os presentes de Natal. O estudo mostra que aumento para 89% o índice de pessoas que pretendem comprar na data. Em 2015, o percentual era de 84%.

Em lojas virtuais das redes Extra, Casas Bahia, Magazine Luiza e Lojas Americanas, os descontos podem chegar a até 80% nos preços.

Cuidados

“Para fazer uma compra proveitosa e segura durante a Black Friday, recomendo que o consumidor utilize sites de monitoramento para verificar se os descontos são compensadores, consulte sempre a reputação das lojas por meio das medalhas e utilize o cartão de crédito ou sites intermediadores como meios preferenciais de pagamento online”, aconselhou CEO da Ebit, Pedro Guasti. “Quem não quer ter dor de cabeça precisa confirmar se o site é realmente confiável. Todo cuidado é necessário”, finalizou Pedro.

Veja também

Beneficiário do Bolsa Família pode contestar auxílio até 30 de novembro
bolsa família

Beneficiário do Bolsa Família pode contestar auxílio até 30 de novembro

Ações do Carrefour caem mais de 5% após assassinato de homem negro
Beto Freitas

Ações do Carrefour caem mais de 5%