Celpe agora parcela conta atrasada no cartão

Consumidores que estiverem com duas ou mais faturas vencidas vão poder pagar a dívida em até 12 vezes no cartão de crédito e sem entrada

Conta de energiaConta de energia - Foto: Flávio Japa/Arquivo Folha

Com o objetivo de oferecer facilidades para pagamentos das contas de energia elétrica em atraso, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) lançou uma nova modalidade para os clientes. A operação oferece a possibilidade de o consumidor efetuar o pagamento parcelando a dívida em até 12 vezes no cartão de crédito. A negociação poderá ser aplicada para consumidores que estão com duas ou mais faturas vencidas, com parcela de no mínimo R$ 5 cada uma.

A modalidade, já em funcionamento, permite que o usuário efetue o valor do débito através do site da empresa. “A operação se assemelha a uma compra online. O cliente pode dividir a dívida por cartões das bandeiras Visa, Mastercard e Hiper e não é necessário fazer pagamento de entrada”, explicou o gerente comercial da Celpe, Pablo Andrade. Para os usuários que têm dificuldade do acesso à internet, a companhia disponibiliza o serviço nas lojas de atendimento.

Para aderir ao processo, o usuário deve acessar o site e selecionar a opção de pagar parcelado. Após esse passo, ele será direcionado para digitar o código de barras das faturas vencidas. Assim, finalizará o procedimento optando pelo parcelamento em até 12 vezes.

Leia também:
Tarifa branca pode baratear conta de luz a partir desta segunda
Leilão de energia surpreende e gera R$ 13,9 bilhões de investimento em usinas

Através da parceria entre a Celpe e a Flexpag, a transação pretende diminuir o número de inadimplência. “A intenção é criar mais uma facilidade. Esperamos uma boa aceitação, principalmente pela comodidade do cliente não precisar ir para as lojas”, disse Andrade, complementando que muitas pessoas têm a intenção de sair da inadimplência, mas pela situação financeira enfrentada devido à crise econômica, não estavam conseguindo e agora haverá a oportunidade.

Atualmente, a inadimplência dos consumidores com a Celpe é de 2% do faturamento. “A adimplência, hoje, está em torno de 98% do faturamento. A empresa tem a intenção de reduzir aumentar ainda mais esse número”, pontuou Andrade. A realização de seis feirões para negociação de débitos ao longo do ano passado possibilitou uma recuperação da receita da empresa em aproximadamente R$ 3 milhões. Em caso de dúvida, a Celpe orienta os consumidores a entrarem em contato através do teleatendimento 116.

Veja também

Brasil retoma da produção de urânio na Bahia
Urânio

Brasil retoma da produção de urânio na Bahia

Facebook vai pagar por notícias no Reino Unido
Negócios

Facebook vai pagar por notícias no Reino Unido