EUA planeja isentar Austrália de tarifas sobre aço e alumínio

O presidente também isentou Canadá e México, países que renegociam com os Estados Unidos o Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta)

Donald Trump, presidente dos EUADonald Trump, presidente dos EUA - Foto: Mandel Ngan/AFP

 

Os Estados Unidos trabalham para isentar seu aliado australiano das recentes tarifas sobre as importações de aço e alumínio, revelou nesta sexta-feira (9) o presidente americano, Donald Trump.
"Falei com o primeiro-ministro australiano @TurnbullMalcolm. Está decidido a ter uma relação militar e comercial muito justa e recíproca", escreveu Trump no Twitter. "Trabalhamos para um acordo sobre segurança em breve, para que não tenhamos que impor tarifas sobre o aço e o alumínio do nosso aliado: a grande nação australiana!", revelou Trump, sem dar maiores detalhes.

Trump reavivou na quinta-feira o fantasma de uma guerra comercial entre Estados Unidos e vários de seus aliados, ao adotar tarifas sobre às importações de aço e de alumínio de 25% e 10%, respectivamente.
O presidente também isentou Canadá e México, países que renegociam com os Estados Unidos o Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta).
"Temos ótimas relações com a Austrália, temos um superávit comercial com a Austrália, um país formidável, um sócio há muito tempo. Faremos algo com eles", tuitou Trump.

 

Veja também

Dólar fecha em leve alta em dia de feriado nos EUA
BOLSA DE VALORES

Dólar fecha em leve alta em dia de feriado nos EUA

Volta de cobrança do IOF sobre crédito renderá cerca de R$ 2 bi
economia

Volta de cobrança do IOF sobre crédito renderá cerca de R$ 2 bi