Fábricas de gesso de Araripina são flagradas furtando energia elétrica

Prejuízo soma R$ 1 milhão e a energia desviada seria suficiente para abastecer toda a cidade durante um mês

Inquéritos policiais foram abertosInquéritos policiais foram abertos - Foto: Divulgação/Celpe

Uma operação conjunta entre a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) e a Polícia Civil autuou cinco fábricas de gesso instaladas no polo de Araripina, no Sertão de Pernambuco. A região é responsável por produzir 90% de todo o gesso do País. Entre as fraudes identificadas, redes clandestinas de média tensão, conexão direta na rede elétrica da concessionária e fornecimento indevido para terceiros por parte das indústrias. Todas as irregularidades foram removidas.

A estimativa da Celpe é que a energia desviada seria suficiente para abastecer toda a cidade de Araripina durante um mês. Segundo a Polícia Civil, as irregularidades somam R$ 1 milhão nos últimos 12 meses. Um responsável foi autuado em flagrante, sendo encaminhado à Delegacia de Araripina. No entanto, ninguém foi preso, uma vez que os proprietários não foram encontrados no local. De acordo com a polícia, cinco inquéritos policiais foram instaurados e deverão ser concluídos nas próximas semanas.

Leia também:
Operação combate furto de energia elétrica em lava-jatos no Recife

PF apreende 502 kg de cocaína em carreta no Sertão

Um responsável foi autuado em flagrante, sendo encaminhado à Delegacia de Araripina. Além de efetuar a cobrança dos valores devidos de energia, a distribuidora formalizou notícia-crime junto à Polícia Civil, para a aplicação das sanções previstas em lei.

Em nota, a Celpe ressaltou que permanece monitorando os clientes e lembra que o furto de energia é crime sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro. Além de acarretar prejuízos à população, a prática representa riscos de acidentes graves. Em caso de denúncias, os clientes podem entrar em contato pelos canais de atendimento da concessionária, sem a necessidade de identificação.

Veja também

Obra do Canal Bultrins-Fragoso, em Olinda, recebe aporte de R$ 5 milhões
Olinda

Obra do Canal Bultrins-Fragoso, em Olinda, recebe aporte de R$ 5 milhões

No Agreste, shoppings, comércio varejista e salões reabrirão no dia 13
Pernambuco

No Agreste, shoppings, comércio varejista e salões reabrirão dia 13