Ford cortará 7.000 empregos até o segundo semestre

O corte representa cerca de 10% de sua plantel mundial

Fábrica da Ford Fábrica da Ford  - Foto: Google Maps

A Ford anunciou nesta segunda-feira a supressão de 7.000 empregos, que equivalem a 10% de sua plantel mundial, como parte de uma reorganização para modernizar sua oferta.

A reorganização incluirá demissões e reatribuições e deve culminar antes do fim de agosto, segundo um porta-voz da empresa americana.

Leia também:
Funcionários da Ford aprovam acordo sobre fechamento de fábrica em SP
Ford quer cortar 5 mil empregos na Alemanha e reduzir mão de obra no Reino Unido


O objetivo é poupar cerca de 60 bilhões de dólares por ano, informou o porta-voz à AFP.

Veja também

Ministério cria Comitê Gestor de Proteção de Dados Pessoais
lei

Ministério cria Comitê Gestor de Proteção de Dados Pessoais

Dólar fecha em leve alta em dia de feriado nos EUA
BOLSA DE VALORES

Dólar fecha em leve alta em dia de feriado nos EUA