Furnas investirá R$ 1,9 bi em sistemas de transmissão de energia até 2019

Deste total, o valor de cerca de R$ 1,1 bilhão será destinado ao reforço na transmissão no Sistema São Paulo–Minas Gerais–Paraná.

Medida foi anunciada, nesta terça-feira (7), durante sessão na CâmaraMedida foi anunciada, nesta terça-feira (7), durante sessão na Câmara - Foto: Câmara de Vereadores

A empresa Furnas, subsidiária da Eletrobras, deverá investir R$ 1,96 bilhão em quatro anos na implementação de melhorias e reforço em equipamentos de transmissão de energia elétrica em todo o país. A nova fase do Plano Geral de Empreendimentos de Transmissão em Instalações em Operação (PGET), que teve início em 2011, tem como objetivo ampliar a confiabilidade e manter a qualidade tecnológica no suprimento de energia.

Deste total, o valor de cerca de R$ 1,1 bilhão será destinado ao reforço na transmissão no Sistema São Paulo–Minas Gerais–Paraná, considerado a espinha dorsal da transmissão no país. Em São Paulo, serão realizadas 31 obras, com destaque para as subestações de Campinas e Cachoeira Paulista, que receberão investimentos de cerca de R$ 90 milhões com a instalação de novos transformadores e outros equipamentos.

No Paraná, as subestações de Foz do Iguaçu, Itaberá, Ivaiporã, Tijuco Preto e Ibiúna, que compõem o sistema de transmissão da Usina de Itaipu, receberão no período 923 equipamentos, entre transformadores, disjuntores e para-raios. Já em Minas Gerais, estão previstas 35 obras para substituição de equipamentos em subestações como Barreiro, Ouro Preto, Poços de Caldas e Furnas.

Outras regiões

Furnas também investirá cerca de R$ 563 milhões nos próximos quatro anos para reforçar e modernizar o sistema de transmissão no Rio de Janeiro e Espírito Santo. No Rio, o plano prevê a substituição de transformadores e outros equipamentos nas subestações São José e Grajaú. No Espírito Santo, as subestações de Vitória e Viana receberão transformadores, reatores e para-raios.

Para o sistema de transmissão do Distrito Federal e Goiás, serão investidos R$ 208 milhões nos próximos quatro anos para garantir a confiabilidade e manter a qualidade tecnológica no suprimento à região. No Distrito Federal, serão realizadas 27 obras, incluindo dez empreendimentos na Subestação de Brasília Sul. Em Goiás, dez subestações passarão por 27 obras de reforços e melhorias.

Até julho de 2016, 146 projetos de ampliação e modernizações foram executados pelo PGET, com instalação de cerca de 2.450 equipamentos, parte em substituição de equipamentos obsoletos ou com vida útil vencida e parte em equipamentos novos, num investimento de quase R$ 2 bilhões.

Veja também

Dólar fecha em R$ 5,37 e tem maior queda em uma semana
BOLSA DE VALORES

Dólar fecha em R$ 5,37 e tem maior queda em uma semana

Governo celebra 20 anos de fundo que pode ser extinto por Guedes
fundos

Governo celebra 20 anos de fundo que pode ser extinto por Guedes