Gol libera pagamento de passagem aérea nas lotéricas

Para utilizar o serviço, o consumidor tem que se cadastrar no site da Gol, como os demais clientes

Avião da golAvião da gol - Foto: Divulgação

A companhia aérea Gol passou a permitir o pagamento de passagens aéreas em dinheiro nas lotéricas da Caixa. Para utilizar o serviço, o consumidor tem que se cadastrar no site da Gol, como os demais clientes, fazer a reserva dos bilhetes com até quatro dias de antecedência da data do voo e escolher a opção "Lotérica".

Será emitido um código de convênio, que deve ser apresentado em qualquer casa lotérica da Caixa para pagamento em até 24 horas. Ao concluir a operação, a companhia envia um e-mail ou um SMS com a confirmação do voo.

Em caso de cancelamento de voo, a companhia afirma que entrará em contato com o cliente para acordar a forma que será feita a devolução do valor pago. A companhia aérea, com marca de 100 milhões de passageiros por ano e faturamento anual de R$ 13 bilhões, está de olho nos consumidores que não têm conta bancária, cerca de 60 milhões de brasileiros pelo cálculo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Leia também:
Justiça condena Gol a pagar R$ 20 mil por deixar criança dormir sozinha em Guarulhos
American Airlines diz estar negociando parceria com a Gol
Acordo com Latam não deixou escolha a não ser sair da Gol, diz Delta

"Muitos brasileiros migraram do terminal rodoviário para o transporte aéreo, mas ainda há muito mais a crescer", afirma o diretor financeiro e de meios de pagamento da Gol, Mario Liao.

De acordo com Liao, em torno de 70% das vendas na plataforma Gol são feitas por meio de cartão de crédito. "A nova solução complementa e dá mais opções de meio de pagamento", diz. "Há ainda o pagamento via transferência bancária, por onde capturamos novos passageiros", explica.

Veja também

TikTok obtém novo prazo para vender ativos nos EUA
tecnologia

TikTok obtém novo prazo para vender ativos nos EUA

Campos Neto: Banco Central está relativamente tranquilo com inflação
economia

Campos Neto: Banco Central está relativamente tranquilo com inflação