Inflação medida pelo IGP-DI sobe para 0,50% em setembro

Em agosto, o indicador havia tido uma deflação (queda de preços) de 0,51%

Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna acumula 4,39% no ano e 3% em 12 mesesÍndice Geral de Preços – Disponibilidade Interna acumula 4,39% no ano e 3% em 12 meses - Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

O Índice Geral de Preços–Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou inflação de 0,50% em setembro. Em agosto, o indicador havia tido uma deflação (queda de preços) de 0,51%.

Segundo dados divulgados hoje (8), no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o IGP-DI acumula 4,39% no ano e 3% em 12 meses.

Leia também:
Mercado financeiro espera que 2019 termine com inflação em 3,42%
Índice de Preços cai em 4 das 7 capitais pesquisadas pela FGV

Apesar da alta em relação a agosto, o índice caiu em relação a setembro do ano passado, quando houve inflação de 1,79% no mês e de 10,33% em 12 meses.

A alta da taxa de agosto para setembro deste ano foi puxada pelos preços no atacado, medidos pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo, que subiram 0,69% em setembro. Em agosto, os preços haviam caído 0,90%.

O Índice Nacional de Custo da Construção também subiu, mas de forma mais moderada, ao passar de uma taxa de inflação de 0,42% em agosto para uma alta de preços de 0,46% em setembro.

E o Índice de Preços ao Consumidor ficou estável em setembro. Em agosto, houve inflação de 0,17%.

Veja também

Intenção de consumo das famílias pernambucanas recua em outubro
Consumidor

Intenção de consumo das famílias pernambucanas recua em outubro

Lucro da Vale mais que dobra e vai a R$ 15 bilhões
Economia

Lucro da Vale mais que dobra e vai a R$ 15 bilhões