Loja de varejo aprova ações para movimentar até R$ 2 bi

Operação do Magazine Luiza pode gerar R$ 1,894 bi; recursos obtidos devem ser direcionados a investimentos em ativos de longo prazo

DinheiroDinheiro - Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

O Conselho de Administração da Magazine Luiza aprovou a realização de uma oferta pública de distribuição primária e secundária de, inicialmente, 24 milhões de ações ordinárias, que pode movimentar quase R$ 2 bilhões.

Em fato relevante divulgado nesta terça-feira (12), a varejista informou que a operação pode gerar R$ 1,894 bilhão, tendo como base a cotação de fechamento dos papéis em 8 de setembro, de R$ 78,92.

Leia também:
Tentativas de fraude aumentam 7,5% no Brasil
Tentativas de fraudes estabilizam no e-commerce


Ainda segundo a empresa, os recursos obtidos com a oferta de ações devem ser direcionados a investimentos em ativos de longo prazo, incluindo melhoria e expansão da malha logística, inauguração de novas lojas e aquisição de empresas de tecnologia com atuação no segmento digital.

O processo de bookbuilding se inicia nesta terça-feira e a negociação das novas ações ofertadas pela Magazine Luiza está prevista para 29 de setembro.

Veja também

Mega-Sena acumula e vai a R$ 40 milhões
Loteria

Mega-Sena acumula e vai a R$ 40 milhões

Câmara conclui apreciação de MP sobre reembolso de passagens aéreas
Consumidor

Câmara conclui apreciação de MP sobre reembolso de passagens aéreas