Número de endividados e inadimplentes cresce de julho para agosto

O cartão de crédito é responsável por 76,8% das dívidas, seguido de carnês (14,2%)

O cartão de crédito é responsável por 76,8% das dívidasO cartão de crédito é responsável por 76,8% das dívidas - Foto: Arquivo/Agência Brasil

O percentual de famílias endividadas e inadimplentes cresceu de julho para agosto, segundo dados divulgados hoje (5) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A parcela de famílias com dívidas passou de 59,6% para 60,7%. O número daqueles com contas e dívidas em atraso  (inadimplentes) também subiu, ao passar de 23,7% para 23,8% no período. Também foi observado aumento daqueles que dizem não ter condições de pagar dívidas, de 9,4% em julho para 9,8% em agosto. 

Por outro lado, houve queda nos três indicadores se comparados a agosto de 2017, quando havia 61,2% de endividados, 25,9% de inadimplentes e 10,6% de famílias sem condições de pagar dívidas.

Leia também:
Juros do cartão de crédito rotativo estão mais altos
Dívidas atingem quase metade da população jovem


O cartão de crédito é responsável por 76,8% das dívidas, seguido de carnês (14,2%), financiamentos de carro (10,4%) e financiamentos de casa (9%). O tempo médio da conta em atraso chegou 64,4 dias.

Veja também

Brasileiro de alta renda busca imóvel grande por conforto no confinamento
Nova rotina

Brasileiro de alta renda busca imóvel grande por conforto no confinamento

Bolsonaro liga para empresária que chamou fechamento de loja de ato da 'ditadura'
Pandemia

Bolsonaro liga para empresária que chamou fechamento de loja de ato da 'ditadura'