Plano de retomada das atividades em Pernambuco antecipa fases

Entre os setores que passaram por alteração estão os shoppings, comércios de veículos e consultórios médicos

Shoppings e centros comerciaisShoppings e centros comerciais - Foto: Marcello Casal Jr/ABR

O Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19, apresentado na última segunda-feira (1º) pelo Governo de Pernambuco, passou por algumas alterações. Parte dos 32 setores que voltarão a operar ao longo das 11 etapas previstas teve o cronograma antecipado ou sofreu alterações nas regras de funcionamento.

Isso aconteceu após reuniões específicas entre membros do comitê estadual e representantes dos setores. Entre os segmentos que tiveram alteração no cronograma estão os shoppings e centros comerciais, que estão autorizados a fazer vendas por delivery e poderiam utilizar o sistema de drive-thru em estacionamentos a partir do dia 15 de junho. Essa data foi antecipada para a próxima segunda-feira (8). O mesmo vale para as praças de alimentação.

Outra novidade relacionada ao dia 8 está ligada ao setor da construção civil, que inicialmente retornaria com 50% do efetivo de trabalhadores em horário limitado das 9h às 18h. O horário, agora, não terá mais restrição, como previsto anteriormente. “As entidades da construção civil conseguiram demonstrar que apenas 30% dos seus funcionários usam o transporte público e, dessa forma, não impactariam tanto no sistema”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Bruno Schwambach.

Clínicas e consultórios médicos, odontológicos, óticas, clínicas de fisioterapia e de psicologia, que antes não tinham data pré-estabelecida para retorno, poderão retomar às atividades no próximo dia 10. Todos esses estabelecimentos deverão obedecer regas determinadas pelas autoridades sanitárias, como realização um sistema de marcação que evite aglomerações, oferecer álcool em gel e cobrar a utilização das máscaras. 

Já os serviços de venda, locação e vistoria de veículos, que seriam retomados a partir da fase 4.4, sem data ainda determinada, foram antecipados em uma fase e agora têm permissão para voltar a funcionar no próximo dia 15. No mesmo dia, estará permitida a reabertura das lojas de varejo com até 200 metros quadros nos bairros e no comércio do centro. Antes, apenas os comércios reabriram no primeiro momento, com o centro sendo contemplado em fase posterior. 

Leia também:
Em parceria com Porto Digital, PCR está montando plano de convivência com a pandemia
Pernambuco anuncia plano de reabertura das atividades econômicas
Cidades reivindicam planos próprios de reabertura econômica

Salões de beleza e serviços de estética, cujo atendimento estava previsto para começar a partir do dia 15, continuam sem alterações. Esses estabelecimentos precisarão atender um cliente por vez, por agendamento, sem fila de espera e com higienização entre um cliente e outro, além de obedecer ao distanciamento de, pelo menos, 1,5 metro entre clientes. A partir da mesma data também poderão ocorrer os treinos de futebol profissional, obedecendo protocolos específicos.

"É momento de pedir muita responsabilidade para todos que vão abrir seus negócios, clínicas. Todos têm que saber que essa abertura só será duradoura se todos se comportarem como pede o momento. É preciso se moldar à situação. Acreditamos que é possível, mas depende dos esforços conjuntos com a população”, disse o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Os dados da Saúde serão avaliados semanalmente para a tomada de definições sobre a sequência ou retrocesso do plano. O motivo é o temor de uma nova onda de infecções. Os indicadores que nortearão essa retomada são os índices de novos casos notificados, sobretudo os de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), de óbitos e de ocupação nos leitos hospitalares, principalmente os de terapia intensiva (UTI).

"Dependendo dos dados, podemos antecipar etapas, postergar etapas ou até voltar a fechar, se os dados forem muito negativos. Apesar de estar na tentativa de flexibilizar as atividades econômicas, que são muito importantes, a gente pede que respeitem os três eixos principais desse processo, que são o distanciamento, a higiene e o monitoramento de possíveis casos suspeitos”, disse Schwambach.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

'The Sims 4' anuncia expansão sobre tricô para fim do mês
tecnologia

'The Sims 4' anuncia expansão sobre tricô para fim do mês

Contas do Twitter de empresários e companhias dos EUA são hackeadas
Redes Sociais

Contas do Twitter de empresários dos EUA são hackeadas