Portaria da Receita pode facilitar importação de armas

Em geral, na importação de produtos controlados, o Exército precisa aprovar individualmente cada autorização

Entrega de armas e munições ao BOPE, pelo Secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua. Entrega de armas e munições ao BOPE, pelo Secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua.  - Foto: Rafael Furtado

Armas, munições e produtos químicos poderão ter a importação facilitada. Uma portaria entre a Receita Federal e Exército, publicada na edição desta quinta-feira (15) do Diário Oficial da União, prevê a facilitação desse tipo de importação.

A parceria envolve o Operador Econômico Autorizado (OEA) - Integrado, certificado dado a empresas reconhecidas pela Aduana Brasileira e consideradas de baixo risco em termos de segurança física de carga e de cumprimento das obrigações.

Segundo a Receita Federal, o modelo do OEA-Integrado foi iniciado com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e, agora, entra na fase de ampliação das tratativas com outros órgãos que controlam o comércio exterior para estender os benefícios oferecidos para as empresas certificadas.

Leia também:
Estudantes param escolas em marcha contra armas nos EUA
Fundos poderão operacionalizar indústria armamentista de Pernambuco

“O OEA-Integrado RFB e Exército Brasileiro é mais uma iniciativa para facilitar, com segurança e controle, os procedimentos de importação no país, reduzir os custos operacionais das empresas e otimizar a gestão de recursos humanos para os órgãos públicos”, disse a Receita, em nota.

Acrescentou que, em geral, na importação de produtos controlados, o Exército precisa aprovar individualmente cada autorização. “Em negociação prévia, o que se vislumbrou é a possibilidade de o Exército passar a fazer parte do Programa OEA da Receita Federal e estabelecer, no âmbito de sua competência, requisitos e critérios de segurança e conformidade para fazer as autorizações em bloco, isto é, para uma determinada quantidade”, finalizou a Receita.

Veja também

Ministério cria Comitê Gestor de Proteção de Dados Pessoais
lei

Ministério cria Comitê Gestor de Proteção de Dados Pessoais

Dólar fecha em leve alta em dia de feriado nos EUA
BOLSA DE VALORES

Dólar fecha em leve alta em dia de feriado nos EUA