Procon recolhe produtos vencidos em hipermercado na Caxangá

Durante a fiscalização, os fiscais encontraram Iogurtes, linguiças, pernil suíno, paleta suína e pé de porco vencidos

Fiscalização Procon-PEFiscalização Procon-PE - Foto: Divulgação

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor de Pernambuco (Procon-PE) recolheu, nessa segunda-feira (19), produtos vencidos no hipermercado Big Bompreço localizado na avenida Caxangá, no bairro da Iputinga, Zona Oeste do Recife.

De acordo com o órgão, denúncias anônimas fizeram com que fiscais comparecessem entre os dias 16 e 19 para conferir a situação dos produtos disponibilizados no estabelecimento. Entre os produtos, estavam iogurtes, massa de pastel e pernil suíno.

A gerente de Fiscalização do Procon, Danyelle Sena, ressalou a a importância da verificação da data de validade. “Os consumidores precisam ficar atentos que alguns produtos, além de possuir a data de validade, possuem também até que horas ele deve ser consumido. Recolhemos alguns iogurtes às 10h que tinham vencido às 4h34 da madrugada”, ressaltou.

Leia também:
Procon fiscaliza barbearias na RMR; cinco têm problemas
Procon e Bombeiros veem irregularidades em pista de kart onde jovem foi escalpelada

Também foram encontrados vencidos linguiças, pernil suíno, paleta suína e pé de porco. De acordo com o órgão, um pacote de massa de pastel estava vencido desde 28 de julho; as linguiças, desde o dia 11 deste mês, já as carnes e iogurtes estavam vencidos por questão de horas.

Denúncia
O Procon ressaltou que o consumidor é o principal fiscal do órgão, por isso se a pessoa verificar qualquer irregularidade é só denunciar. pelo telefone 0800.282.1512 ou 3181.7035.

Posicionamento
Por meio de nota, a empresa informou que possui procedimentos internos que garantem acuracidade das informações das embalagens dos itens encontrados em loja. A nota informa ainda que “a empresa ressalta que este episódio consiste num fato isolado, alheio à rotina operacional da loja, e que já está apurando as causas para tomar as providências necessárias”. 

Veja também

Beneficiário do Bolsa Família pode contestar auxílio até 30 de novembro
bolsa família

Beneficiário do Bolsa Família pode contestar auxílio até 30 de novembro

Ações do Carrefour caem mais de 5% após assassinato de homem negro
Beto Freitas

Ações do Carrefour caem mais de 5%