Secretaria de Educação de Pernambuco oferta 2.398 vagas para professores

Os salários chegam a R$ 2,9 mil e os contratos têm validade de dois anos

A Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco abriu seleção pública simplificada para 2.938 professores de nível superior e médioA Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco abriu seleção pública simplificada para 2.938 professores de nível superior e médio - Foto: Arquivo/SEE

A Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco oferta 2.938 vagas, com salários de até R$ 2,9 mil, para contratação temporária de professores de nível superior e médio. As inscrições estão abertas e seguem até o dia 9 de março.

Do quantitativo geral de vagas, 2.405 são para a Educação Básica, 106 são para Educação Profissional e 427 para Programas e Projetos. Os salários variam de R$ 1.464,22 a R$ 2.932,96. As inscrições custam R$ 24 e devem ser feitas no site do Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIB). A isenção da taxa de inscrição, de acordo com o edital, deve ser solicitada até esta sexta-feira (14).

Leia também:
Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco lança site Amigos do Esporte
Sesc abre 143 vagas com salários até R$ 4.955,82

Para se inscrever, o candidato deve preencher o formulário de inscrição disponível no site e anexar os seguintes documentos: currículo, RG, CPF, título de eleitor, comprovante de quitação com a justiça eleitoral, quitação com serviço militar (apenas para homens) e os documentos de comprovação de experiência previstos no edital.

Os contratos têm validade de dois ano e podem ser prorrogados pelo mesmo período, 5% das vagas são reservadas a pessoas com deficiência.

A seleção ocorre em uma única etapa referente a avaliação de experiência profissional e de títulos. A previsão é de que o resultado seja divulgado no dia 7 de abril.

Veja também

TCU recomenda que governo use sobra do orçamento do Bolsa Família apenas na área social
Brasil

TCU recomenda que governo use sobra do orçamento do Bolsa Família apenas na área social

Câmara aprova urgência para projeto sobre trabalho em apps de delivery
delivery

Câmara aprova urgência para projeto sobre trabalho em apps de delivery