Volvo 2020 aposta no design e elegância

Fabricado em Charleston, nos Estados Unidos (EUA), o sedã premium Volvo S60 chega ao Brasil com visual progressivo nas versões Momentum, Inscription e R-Design

Volvo S60 T4 Momentum 2020Volvo S60 T4 Momentum 2020 - Foto: Volvo/Divulgação

Muito além do quesito segurança, o novo Volvo S60 chega ao mercado tendo o design como ponto forte para conquistar os clientes. Com visual progressivo, o modelo 2020 aposta, no exterior, em faróis full LED diurnos no famoso formato martelo de Thor para impressionar, além das lanternas de duplo “C” também em LED. Para acompanhar e ressaltar a beleza, o carro traz grade frontal preta, rodas de liga leve em alumínio e um para-choque com desenho aerodinâmico.

Mas a segurança não fica atrás, já que é uma referência da marca sueca. O novo modelo é o único sedã premium a oferecer de série, em todas as suas versões, controle de cruzeiro adaptativo (ACC) e assistente de direção. O S60 2020 traz o City Safety, o sistema de frenagem automática que conta com assistente de direção, além de trazer condução semiautônoma Pilot Assist (com controle de até 130 km/h). Inclusive, a lista de equipamentos de série é bastante expressiva. Ainda tem alerta de mudança de faixa, câmera de ré e modos de direção (Eco, Comfort, Dynamic e Individual), sistema de monitoramento de pressão dos pneus e freio de estacionamento eletrônico.

Fabricado em Charleston (Carolina do Sul), nos Estados Unidos, o Volvo S60 2020 se apresenta no Brasil nas versões Momentum, Inscription e R-Design, cada uma com motorização diferente. O modelo ficou mais longo 12,6 cm e com maior distância entre-eixos (9,6 cm). Essas novas proporções garantiram mais conforto aos passageiros. Para quem senta atrás o espaço é amplo - só não fica muito interessante para um quinto ocupante ir atrás, na parte do meio, devido ao alto túnel central do carro. Além isso, o modelo ficou 5,3 cm mais baixo, por isso o motorista deve ficar atento em algumas vias. Inclusive, para quem vai dirigir, o volante tem ótima “empenhadura”.

Leia também:
Placa do Mercosul para veículos permite mais de 450 milhões de combinações
Concessionárias estimam crescimento de 9,67% na venda de veículos  

Internamente, a central multimídia touch screen possui um formato retrato (mais vertical), que permite com que mais informações sejam mostradas em uma operação com resposta rápida semelhante a um iPad. O sistema é intuitivo, pode demorar um pouco a pegar a prática, mas depois é bem fácil de utilizar. Interessante que a central incorpora todo o manuseio do controle do ar-condicionado, que, por sua vez, tem saídas para o banco traseiro nas laterais do carro.

O veículo traz bons acabamentos: os apliques em textura de alumínio no painel e um botão de ignição de giro lateral com elevado requinte. E os porta-objetos são bem generosos (bastante espaço para colocar os utensílios), que podem passar a ser discretos e elegantes quando fechados. Outros pontos relevantes são a memorização dos posicionamentos do assento do motorista através de botões na porta; controle automático dos bancos do motorista e do passageiro para ajustes de altura, proximidade e postura; e leitura presencial de todos os ocupantes por meio do peso para informar no painel digital quem está sem cinto de segurança.

Durante cinco dias, a Folha de Pernambuco testou a versão Momentum T4 2.0, transmissão automática de oito marchas. Pelos números oficiais medidos pelo Inmetro, o Volvo S60 entrega no ciclo urbano 9,3 km/l e, na rodovia, 12,5km/l. Na estrada, pegamos mais de 120 km e o consumo foi pouco mais de 9 km/l, no entanto, fizemos arrancadas mais intensas para sentir a potência do motor e a estabilidade do veículo.

Justamente no quesito estabilidade, o motorista se sente tranquilo e confiante na direção. Os freios são precisos, o que garante ao motorista poder entrar em curvas com uma velocidade um pouco maior. Em buracos nas vias, o carro conseguiu filtrar bem, fazendo com que os ocupantes não sentissem as deformidades da pista. No seu lançamento, o preço base anunciado na versão testada foi de R$ 195.950.

Veja também

Ipea: Emprego deve se recuperar só após retorno da atividade econômica
trabalho

Ipea: Emprego deve se recuperar só após retorno da atividade econômica

Guedes volta a defender imposto aos moldes da CPMF como solução tributária
economia

Guedes volta a defender imposto aos moldes da CPMF como solução tributária