Barcos partem do Marco Zero do Recife rumo a Fernando de Noronha na 31ª Refeno

A expectativa é de que o Fita Azul cruze a linha de chegada no Mirante do Boldró no início da tarde de domingo (13) e que até a terça-feira (15) todos os veleiros já estejam no arquipélago

Partida da Refeno 2019Partida da Refeno 2019 - Foto: Tsuey Lan Bizzocchi/Divulgação

No início da tarde deste sábado (12), 92 barcos com mais 700 tripulantes partiram do Marco Zero do Recife, para dar início à 31ª Regata Internacional Recife-Fernando de Noronha. A expectativa é de que o Fita Azul cruze a linha de chegada no Mirante do Boldró no início da tarde de domingo (13) e que até a terça-feira (15) todos os veleiros já estejam no arquipélago para dar continuidade à programação da Refeno.

A partida foi realizada com as embarcações divididas em quatro grupos e todas saíram sem problemas. A primeira partida foi o Grupo Verde com os barcos das classes Aço e Turismo, ao meio-dia. Na sequência, às 12h30, o Grupo Vermelho com embarcações de RGS e VPRS iniciou a regata debaixo de uma chuva fraca, mas com muito vento, o que tornou a disputa pelas primeiras posições ainda mais acirrada!

Leia também
Com recorde, Refeno dá largada para a 31ª edição
Refeno: Atrevida carrega história e imponência
Um tripulante nada CÃOvencional na Refeno 2019
Hospital de Noronha recebe ações sociais durante Refeno


O terceiro grupo foi composto por veleiros das classes Aberta e Bico de Proa, que partiram pontualmente às 13h. Por fim, às 13h30, o Grupo Amarelo com os Multicascos deixou o Recife com destino à Fernando de Noronha. O Patoruzú, atual Fita Azul da Refeno, largou bem e logo no início da regata já estava na frente.

Da Praça do Marco Zero, o público, que compareceu em grande número, acompanhou tudo e mandou as boas vibrações aos velejadores. Após a partida, a festa continuou no Camarote Oficial da 31ª Refeno, no Cais do Sertão até o final da tarde.

“Foi uma grande festa a partida da 31ª edição da Regata Recife-Fernando de Noronha. O público compareceu em peso ao Marco Zero para acompanhar as embarcações e, no mar, o espetáculo ficou por conta dos veleiros. Esperamos que todos tenham uma regata tranquila até a Ilha”, afirmou o Comodoro do Cabanga Delmiro Gouveia.

A travessia até Noronha pode ser acompanhada em tempo real pelo site www.refeno.com.br. Até às 16h45, o barco Atrevida, da classe RGS, estava na frente.

AÇÃO SOCIAL
Nesta 31ª edição, a Refeno promoverá mais uma vez ações sociais. Ao final da regata, os velejadores inscritos na Refeno realizarão atendimentos voluntários no Hospital São Lucas nos dias 15 e 16 de outubro, das 9h às 12h, para especialidades de plástica reparadora, dermatologia, urologia e ortopedia. Além disso, também haverá uma oficina de boas práticas e de processamento de material médico-cirúrgico para funcionários da unidade hospitalar.

O Cabanga Iate Clube ainda entregará doações para a Creche Bem-me-quer e a Escola Estadual Fernando de Noronha.

PATROCÍNIOS E APOIOS
A Refeno 2019 conta com o Patrocínio da Heineken e da Empetur. A edição ainda tem o apoio do Arquipélago de Fernando de Noronha, ICMBio, Porto do Recife, Capitania dos Portos de Pernambuco, 3º Distrito Naval, Prefeitura do Recife, Agemar, Armazéns do Porto, Becker e Spot.

Veja também

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'
Manifestação

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'

Champions League abre nova década com favoritismo espanhol no passado
Futebol

Champions League abre nova década com favoritismo espanhol no passado