Charles volta ao Santa antes do previsto

Volante seria emprestado ao Vilafranquense, de Portugal, mas detalhes contratuais impediram a negociação

Volante CharlesVolante Charles - Foto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco

Embora não seja exatamente um queridinho da torcida do Santa Cruz, é inegável que Charles foi fundamental para o time na reta final da temporada. Com seus gols em chutes de média e longa distância, o meio-campista contribuiu para que o time se recuperasse na Série C e chegasse à última rodada com chances de ir às finais. O objetivo não foi atingido, mas o meio-campista deixou boa impressão. Tanto é que renovou o contrato com o Tricolor até dezembro do próximo ano e acertou o seu empréstimo com o Vilafranquense, de Portugal. Entretanto, o atleta sequer pôde atuar pela equipe lusitana e já teve que voltar para o Arruda.

Leia também:
Santa Cruz voltará aos campos na Copa Pernambuco
Desejo de Pipico é seguir no Santa Cruz em 2020
Milton Mendes deixa o Santa Cruz e acerta com o São Bento/SP
Apostas da reta final não vingaram no Santa Cruz
Rendimento do Santa contradiz discurso de Milton Mendes


Ainda que tenha sido anunciado como novo reforço do escrete português, a negociação não foi para a frente. Segundo o próprio Vilafranquense, detalhes contratuais não se concretizaram a tempo. Como a janela de transferências do futebol europeu se encerrou na última segunda-feira (2), a transferência foi cancelada. Charles ficaria emprestado ao clube até junho de 2020, com opção de compra. Agora, o atleta retorna ao Santa Cruz. Tudo indica que o jogador disputará a Copa Pernambuco com o restante do elenco. Isso, claro, caso não surja alguma equipe interessada em contar com o empréstimo do jogador até o fim desta temporada.

Veja também

Santa espera data de liberação dos jogos para ‘moldar’ protocolo médico
SANTA CRUZ

Santa espera data de liberação dos jogos para ‘moldar’ protocolo médico

Dupla Gre-Nal aumenta tom e volta a pressionar Governo do RS por futebol
Futebol

Dupla Gre-Nal aumenta tom e volta a pressionar Governo do RS por futebol