Com Sander vetado, Sport deve ter Adryelson e Marcão

Para encarar a Ponte Preta, neste sábado (24), o Leão contará com o retorno do suspenso Marcão. Adryelson deve ser liberado

Adryelson voltará a ser titularAdryelson voltará a ser titular - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Duas vitórias foram suficientes para trazer de volta os bons ventos para a Praça da Bandeira. Da décima colocação, o Sport bateu Botafogo/SP e Vila Nova e entrou para o G4 (até o fechamento desta edição) da Série B. Neste sábado (24), o time vai até Campinas encarar a Ponte Preta com a missão de conseguir completar uma sequência de três vitórias seguidas, já que ainda não conseguiu esse desempenho ainda neste Segundona.

Para alcançar esse objetivo, o treinador Guto Ferreira terá um desfalque já confirmado e uma dúvida. Isso porque a vitória contra o Vila Nova veio, mas não de graça. No triunfo por 2x0, na última terça-feira, foram dois sustos: um com Sander, que bateu a cabeça no gramado numa queda feia e o segundo com o zagueiro Adryelson, que deslocou o ombro direito.

Leia também:
CBF altera jogos do Sport contra Bragantino e Figueirense
Guto exalta o 'saber sofrer' do Sport e lamenta por Sander
Sport vence o Vila Nova/GO, dorme no G4 e seca a Ponte
Com mais um 'não', Sport encerra conversas por Everton Felipe

Em avaliação feita ontem, Sander foi diagnosticado com um traumatismo leve após sofrer uma concussão. Por protocolo médico, o jogador só poderá voltar a atuar daqui a dez dias e já voltou ao Recife. Além disso, sua esposa está prestes a dar a luz aos filhos gêmeos do casal. Em relação ao time, a ausência de Sander fará Guto Ferreira improvisar novamente. Isso porque o reserva Guilherme Lazaroni continua entregue ao Departamento Médico. Pela entrevista concedida após o último jogo, o comandante rubro-negro deve continuar com o lateral-direito Raul Prata improvisado na função, como já havia feito no jogo após a saída de Sander.

No caso de Adryelson, o zagueiro deslocou o ombro e deixou o campo se queixando bastante de dores no local. Passadas 24 horas após a partida, o defensor reagiu bem aos remédios e deve ganhar condição de encarar a Ponte Preta. Caso ele seja vetado pelos médicos, Eder deve ser acionado. No setor de meio campo, Marcão volta após cumprir suspensão e João Igor deve ficar como opção no banco de reservas.

Veja também

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'
Manifestação

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'

Champions League abre nova década com favoritismo espanhol no passado
Futebol

Champions League abre nova década com favoritismo espanhol no passado