Contra Juventude, Náutico tenta quebrar tabu que já dura cinco anos

A última vez que o clube conseguiu eliminar um adversário em duelo eliminatório nacional após perder a primeira partida fora de casa foi em 2014

Juventude x Náutico, no Alfredo JaconiJuventude x Náutico, no Alfredo Jaconi - Foto: Léo Lemos/Náutico

O Juventude não é o único adversário do Náutico no domingo (22), no jogo da volta das semifinais da Série C 2019 - os gaúchos venceram de virada na ida por 2x1, no Alfredo Jaconi. O Timbu também luta contra um antigo jejum que já dura meia década. A última vez que o clube conseguiu eliminar um adversário em um mata-mata nacional após perder a primeira partida fora de casa foi em 2014.

Há cinco anos, no dia 12 de março, o Náutico foi derrotado por 1x0 pelo Sergipe, no Presidente Médicis, no jogo de ida da primeira fase da Copa do Brasil. Na volta, no dia 9 de abril, triunfo dos pernambucanos pelo mesmo placar. A vaga foi decidida nas penalidades e os donos da casa ganharam por 3x1, na Arena de Pernambuco.

De lá para cá, o Náutico somou alguns insucessos. Ainda em 2014, na fase seguinte da Copa do Brasil, o time perdeu por 3x0 para o América/RN, em Natal, e só venceu por 2x0 na volta, na Arena de Pernambuco. Resultado insuficiente para avançar na competição.

Na Copa do Brasil do ano passado, o Náutico levou um revés de 3x0 para a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, e ganhou apenas por 1x0 no jogo da volta, na Arena de Pernambuco. Fechando o ciclo, o Timbu fracassou nas quartas de final da Série C 2018 ao ser derrotado por 3x1 para o Bragantino, no Nabi Abi Chedid, e empatar em 1x1 na Arena.

Para acabar com o jejum, os alvirrubros apostam na força dos Aflitos. Nos 23 jogos realizados no estádio em 2019, a equipe venceu 15, empatou cinco e perdeu apenas três, com um aproveitamento de 72,4%. Com o técnico Gilmar Dal Pozzo, o Náutico está invicto em seus domínios, com seis triunfos e três empates (77,7%).

Leia também:
Jean Carlos reforça desejo de permanecer no Náutico em 2020
Com convites de Chapecoense e Figueirense, Dal Pozzo fica no Náutico

Veja também

Álvaro celebra retorno nos gramados e diz que Náutico ainda mira o acesso
Futebol

Álvaro celebra retorno nos gramados e diz que Náutico ainda mira o acesso

Mais caro, Fifa 21 muda pouco em relação à edição passada do game
Esports

Mais caro, Fifa 21 muda pouco em relação à edição passada do game