Copa do Nordeste e Ação da Cidadania se unem em luta contra coronavírus

O objetivo é arrecadar 1 milhão de reais que equivale a 1 milhão de pratos de comida para serem entregues no Nordeste

Plantel tricolor terá redução de 50% da jornada e remuneraçãoPlantel tricolor terá redução de 50% da jornada e remuneração - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

O Futebol do Nordeste se uniu para uma ação que vai ajudar as pessoas que são vítimas da fome causada pelos impactos do coronavírus na região. Em parceria com a Ação da Cidadania, foi criada uma página no site Benfeitoria, com o objetivo de arrecadar R$ 1 milhão, que equivale a 1 milhão de partos de comida. A primeira meta é arrecadar R$ 75 mil reais. Todos os recursos serão utilizados imediatamente para suprir as necessidades dos moradores da região.

A ideia foi juntar o grande engajamento da Copa do Nordeste e dos clubes com o trabalho que a Ação da Cidadania tem feito contra a fome no Brasil, para arrecadar cestas básicas para a população que, para preservar suas vidas, têm os rendimentos prejudicados durante o surto de coronavírus no Brasil e no mundo. As emissoras detentoras de direitos, patrocinadores, parceiros, jogadores e torcedores também se juntam a esse grupo.

“Temos certeza de que a união do Futebol do Nordeste – que sempre fez a diferença inclusive na criação e realização de um campeonato único no Brasil – vai ser fundamental também nesse momento delicado que o mundo todo está vivendo”, acredita Eduardo Rocha, Presidente da Liga do Nordeste. “A credibilidade da Ação de Cidadania também nos motivou a seguir com a ideia e mobilizar a sociedade para ajudar quem mais precisa nesse momento. ”, explicou Rocha.

A campanha para doações estará nas redes sociais da Copa do Nordeste, dos clubes e de todos os parceiros que quiserem contribuir com divulgação e doações. Entre os parceiros oficiais estão: todos os clubes do Nordeste, 90 min, SBT Nordeste e Sua Música.

Como doar: entrar no link, escolher o valor e a forma de pagamento e ajudar milhares de pessoas nesse momento conturbado da sociedade.

Leia também:
Catar anuncia primeiros casos de coronavírus em obras da Copa
Empresários do Nordeste se reúnem com Paulo Guedes

Veja também

Naya Rivera tirou filho da água, mas não teve força para se salvar, diz polícia
LUTO

Naya Rivera tirou filho da água, mas não teve força para se salvar, diz polícia

São Paulo tem 153 bares interditados em primeiro fim de semana de flexibilização
SÃO PAULO

São Paulo tem 153 bares interditados em primeiro fim de semana de flexibilização