Danny Morais mira classificação e liderança no Nordestão

Zagueiro ressalta a importância do Santa Cruz vencer o Treze, em Campina Grande, pela 5ª rodada do Grupo A

Zagueiro Danny Morais na entrevista coletivaZagueiro Danny Morais na entrevista coletiva - Foto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco

O técnico Júnior Rocha avaliou positivamente a reestreia do zagueiro Danny Morais com a camisa do Santa Cruz. Além da titularidade diante do CRB/AL, ele foi o capitão do time por seu perfil de líder e pela experiência. Passada a eliminação nas quartas de final do Campeonato Pernambucano, o defensor espera que o time se recupere na temporada se classificando antecipadamente para os mata-matas da Copa do Nordeste e ainda projeta terminar na liderança do Grupo A. Para isso, basta vencer o próximo jogo.

“Precisamos ter êxito nos próximos dois jogos (do Nordestão) e garantir a classificação. Além disso, queremos terminar a primeira fase na liderança da chave”, declarou o jogador.

Leia também: 

Trabalho de Júnior Rocha divide opiniões de torcedores 

Sem desespero, direção deposita confiança em Júnior Rocha 

Abatido, elenco do Santa tem longas conversas com técnico 

Santa Cruz tenta melhorar astral com trabalho psicológico 

Com os preparativos iniciados para a partida contra o Treze/PB, Danny Morais sabe que a equipe precisa ajustar alguns pontos no tempo que resta até o jogo, marcado para quinta-feira (22), no estádio Amigão, em Campina Grande, na Paraíba.

“Temos que melhorar a manutenção da posse de bola e a reação individual e coletiva. A troca de passes é uma característica dos times de Júnior Rocha, mas também temos que dividir os riscos e as responsabilidades. Dentro de campo, as nossas escolhas precisam ser corretas”, encerrou o zagueiro na entrevista coletiva.

Veja também

'Poderia ter sido de quatro', exalta Hélio dos Anjos após 1ª vitória no retorno aos Aflitos
Náutico

'Poderia ter sido de quatro', exalta Hélio dos Anjos após 1ª vitória no retorno aos Aflitos

Uefa analisa Liga dos Campeões com mínimo de 10 jogos por time
Liga dos Campeões

Uefa analisa Liga dos Campeões com mínimo de 10 jogos por time