Desejo de Pipico é seguir no Santa Cruz em 2020

De acordo com o empresário do jogador, Pipico, artilheiro da equipe no ano, tem um projeto de fazer história no Santa Cruz

Atacante Pipico, do Santa CruzAtacante Pipico, do Santa Cruz - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Nem tudo foi trágico na temporada 2019 para o Santa Cruz. Embora o Tricolor não tenha conquistado títulos, nem o acesso para a Série B, há ainda pontos positivos a serem destacados. O principal feito do time no ano foi a boa campanha realizada na Copa do Brasil, que garantiu uma polpuda verba ao clube. Além disso, o centroavante Pipico consolidou sua fama de goleador e foi um dos poucos que se salvou das críticas da torcida. E é justamente dele que vem uma possível boa notícia para os corais nos próximos dias. Prioridade na lista de renovações da diretoria, o jogador pode seguir no Arruda em 2020. E é vontade do próprio atleta continuar vestindo o manto coral no próximo ano.

Leia também:
Milton Mendes deixa o Santa Cruz e acerta com o São Bento/SP
Rendimento do Santa contradiz discurso de Milton Mendes
Faro de gols garante a Pipico melhor fase da carreira
No Santa Cruz, Pipico diz viver melhor fase da carreira


De acordo com Ytalo Pontes, empresário do jogador, o mais provável é que haja um desfecho feliz para os tricolores. "Já tivemos reunião com a diretoria, passamos algumas situações e ficamos de concluir o contrato em alguma outra oportunidade. Temos algumas propostas de clubes da Série B, mas, de fato, a prioridade do atleta é a renovação", garantiu. "Ele está muito consciente de que quer fazer um projeto de história no Santa Cruz. Acho que foi uma série de fatores: o bom momento que ele viveu no clube. A cidade o abraçou muito bem, tem a família também... Tudo isso pesa na decisão, mais do que os termos financeiros. Ele está muito esperançoso na renovação", revelou o agente.

Pipico é considerado peça fundamental para a cúpula tricolor. E seus números falam por si. O atleta desembarcou no Arruda na reta final da Série C de 2018. Na ocasião, caiu rapidamente nas graças da torcida. Não era para menos. Afinal, marcou seis gols em nove jogos. Uma média de 0,6 por partida. De contrato renovado, perdeu jogos no início deste ano por conta de lesão. No entanto, quando entrou em campo, não decepcionou. Na atual temporada, anotou 16 bolas na rede em 30 duelos. Média de 0,53 por confronto. Ninguém chegou perto de ameaçar sua artilharia no elenco coral. No total de sua passagem pelo clube, são 22 gols em 39 jogos. Um desempenho que corrobora tamanho prestígio no Tricolor.

Veja também

Santa Cruz pede que tricolores torçam em casa na decisão do Estadual
Sem público

Santa Cruz pede que tricolores torçam em casa na decisão do Estadual

Gravidez não é doença, a atleta pode planejar e aproveitar, diz Tandara
Entrevista

Gravidez não é doença, a atleta pode planejar e aproveitar, diz Tandara